quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Manequim negro acorrentado no Pão de Açúcar gera revolta


Imagem: Reprodução
Estátua de um manequim negro com os pés acorrentados, instalada na unidade do supermercado Pão de Açúcar, no bairro da Vila Romana, em São Paulo, está causando revolta nas redes sociais desde o dia 19 de agosto.

A comunidade negra se sentiu ofendida e considerou de extremo mau gosto a imagem de uma criança negra sendo utilizada para “decorar” a área destinada a produtos de panificação do supermercado. A foto foi publicada no perfil Mundo Negro, gerando uma enxurrada de comentários indignados.

Entre as razões para a revolta, a imagem da criança negra carregando um pesado cesto de pães faz apologia ao trabalho infantil, “já que o cesto é de proporções incompatíveis à estatura da criança e seria um sacrifício seja pelo tamanho ou pelo peso para ser carregado”, afirma o perfil.

Além disso, revotou a inclusão de grilhões no pé da criança, remetendo à escravidão, além da infeliz escolha, por usar uma criança negra nestas condições como objeto de decoração em uma área de grande circulação do supermercado.

Apesar de o perfil oficial da empresa no Facebook já ter se desculpado pela gafe e informado que o objeto já havia sido retirado da loja, os protestos – e críticas – na rede social continuam.

Em nota oficial distribuída no início da tarde, o Pão de Açúcar afirma que a estátua foi adquirida como parte de uma coleção de peças decorativas de loja, “sem intenção ou apologia a qualquer tipo de discriminação”. A empresa afirma que lamenta o fato ocorrido, “uma vez que pauta suas ações na ética, promoção e respeito à diversidade”.

O Pão de Açúcar afirma que, “assim que tomou ciência do caso, providenciou a retirada da estátua das lojas e está revendo o processo de seleção de peças decorativas”.

Jornal O Globo e Pragmatismo Político
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...