sábado, 15 de fevereiro de 2014

Twitter acusa governo da Venezuela de bloquear imagens na rede


Imagem: Reprodução/Fábio Campana
Imagens da rede social Twitter estão bloqueadas na Venezuela, após uma semana de violentos protestos, e a empresa suspeita que o governo esteja por trás da medida, declarou um porta-voz do microblog, nesta sexta-feira (14), à agência de notícias France Presse.

'Confirmo que as imagens do Twitter estão atualmente bloqueadas na Venezuela. Acreditamos que o governo as esteja bloqueando', disse o porta-voz, em um email à France Presse.
Leia também:

Prisão
O governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, manteve na prisão dezenas de manifestantes enquanto os protestos de estudantes ainda prosseguiam em várias partes da Venezuela, depois que a violência desta semana em manifestações políticas resultou na morte de três pessoas.

Manifestantes começaram a se reunir novamente em várias cidades depois de bloquearem ruas e queimarem pneus durante a noite em um protesto contra a repressão às manifestações, bem como por uma longa lista de queixas contra Maduro, da criminalidade à escassez de produtos.

Acesse também: Veja fotos impressionantes dos protestos na Venezuela

Apesar da proibição presidencial de protestos, cerca de 500 pessoas se reuniram nesta sexta-feira na Praça Altamira, em Caracas, um ponto de encontro de protestos da oposição.

France Presse
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...