domingo, 16 de março de 2014

Governo é acusado de distribuir camisetas para escolas com grave erro de português


Imagem: Reprodução/Redes Sociais
Um aluno do Centro de Ensino Médio 01 de Brazlândia tem divulgado uma foto do novo uniforme da escola no aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. Seria normal, não fosse pelo fato de a camiseta, distribuída pela Secretaria de Educação do Governo do Distrito Federal, ter escrito “encino” ao invés de “ensino”. O erro ortográfico grotesco ainda não foi explicado pela secretaria, que informa apenas estar “averiguando o caso”.


O Diário do Poder entrou em contato com a Regional de Ensino de Brazlândia que garante não ter recebido reclamações sobre o novo uniforme. Para a diretora Márcia Gilda, a foto deve ser uma brincadeira dos alunos nas redes sociais. “Nós tivemos problemas de tamanho de camisetas: veio P, M, e G em escolas que têm crianças de 6, 10 anos. Mas, entramos em contato com a Fábrica Social que já está substituindo os uniformes”, declarou. “Também teve o caso de uma leva que veio escrito Escola Classe Chapadinha Bucanhão – que são duas escolas diferentes – mas as camisetas não chegaram a ser distribuídas e o problema já foi corrigido”, completou.

Os novos uniformes tem dado dor de cabeça para o governo de Agnelo Queiroz, que chegou a ser processado pela deputada Celina Leão, acusado de propaganda eleitoral antecipada. O fardamento escolar foi trocado, em ano eleitoral, para este da foto, na cor vermelho PT – partido do governador, que tentará a reeleição. Além disso, o GDF colocou como símbolo nos uniformes o Estádio Nacional Mané Garrincha que, para a deputada, é a “única marca positiva para o PT nas eleições”. “É um absurdo. Isso é marketing do PT”, acusou Celina.

O novo uniforme começou a ser distribuído  no dia 5 de fevereiro em todas as 654 escolas do Distrito Federal.

Myrcia Hessen
Diário do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...