quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cidades-sede da Copa do Mundo se preparam para enfrentar ameaças químicas



Imagem: Reprodução / Tribuna MT
O Ministério da Saúde (MS) realiza, por meio da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Treinamento em Ameaças Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares no Hotel Deville, em Cuiabá, até sexta-feira (4). 

O evento tem objetivo de estabelecer a integração entre as três esferas de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) com os demais órgãos públicos envolvidos na preparação de respostas às ameaças durante a Copa do Mundo Fifa 2014. 


Cerca de 100 profissionais das Forças Armadas, Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e das unidades hospitalares de saúde públicas e privadas do estado participam da capacitação, agregando conhecimento técnico ao enfrentamento de situações advindas de possíveis acidentes de produtos químicos, biológicos, radiológicos e nucleares.

O treinamento é teórico com simulações de casos fictícios que revelam o papel de cada instituição, direcionado a equipes multidisciplinar e multi-institucional das esferas de governo, visando assim, a união de esforços e a integração para o enfrentamento dessa situação de risco. Segundo o diretor do MT Laboratório, Marcelo Adriano Mendes dos Santos, a capacitação e os treinamentos são dados para estabelecer atribuições e responsabilidades e fluxo de comunicação entre as diversas áreas envolvidas prevendo ameaças para o Mundial. 

O Ministério da Saúde oferece o treinamento para todas as cidades-sedes da Copa do Mundo. Além de apresentar conceitos relativos aos processos de identificação e descontaminação de Agentes QBRN (Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares), o treinamento segue a dinâmica de aulas teóricas e práticas.

Tribuna MT
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...