quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Eduardo Braga, líder do governo Dilma no Senado, agride repórter em comício de campanha; veja


Imagem: Reprodução/Youtube
O senador Eduardo Braga (PMDB), candidato ao governo do Amazonas, agarrou, aparentemente aplicou uma "gravata" e tentou tomar a máquina de um fotógrafo amador, durante sua passagem por Maraã, no domingo. Veja abaixo:


Imagens feitas por um cinegrafista, também amador, revelam que não apenas o senador tentou impedir que sua comitiva fosse fotografada, como o fotógrafo, Joel Reis da Silva, foi ameaçado pelo deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB), e teve a máquina arrancada de seu pescoço pelo motorista do senador, conhecido como "Bira", que nas imagens avança sobre a vítima.



O vídeo é interrompido neste momento porque o fotógrafo do senador, conhecido como "Batatinha", coloca a mão na câmera e tenta tomá-la. A denúncia chegou ao Ministério Publico Federal, que abriu procedimento para investigar o caso. Na Polícia, a vítima abriu um Boletim de Ocorrência. 

Resultado

Joel da Silva acabou não tendo o equipamento tomado, mesmo assim registrou o caso na delegacia de polícia do município e também levou a situação ao MPF. Na denúncia, Joel contou que ao ser abordado por Eduardo Braga, o candidato perguntou "a mando de quem" ele tirava fotos da carreata. A vítima relatou ainda que teve o equipamento danificado e que também foi ameaçado pelo deputado federal Sabino Castelo Branco, motivo que o levou a fugir do município de Maraã e pedir proteção ao MPF.

Servidores públicos em carreata

Na explicação sobre o episódio, Braga escreveu: "indignado com a atitude desprezível desses agentes infiltrados, no estilo do antigo SNI, pagos para fotografar e gravar imagens de funcionários, desci do carro para falar com ele. Um companheiro de nossa equipe não entendeu a situação e tentou tirar a câmera do rapaz. Impedi e disse: “Não, não faça isso. Larga a câmera dele”, disse Eduardo Braga, que ainda alegou que o vídeo que foi parar na internet foi editado.
"Infelizmente, nossos adversários editaram o vídeo que registrou esta cena, escondendo o final dela. O fato é que tudo terminou com o fotógrafo mantendo o seu equipamento e o cinegrafista com o seu material captado", finalizou Braga.

Com Portal Holanda via Blog no Noblat / O Globo e Terra
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...