sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Fernando Pimentel (PT), candidato em Minas, quer censurar site que o acusa de mentir e enganar


Imagem: Roberto Stuckert Filho/PR
Após a veiculação do primeiro programa eleitoral na televisão dos dois principais candidatos ao governo de Minas, Pimenta da Veiga (PSDB) e Fernando Pimentel (PT), a meta das campanhas, agora, é pôr em ação novas estratégias. Neste quinta, lideranças tucanas admitiram ter colocado no ar um site com respostas ao que chamam de “mentiras” ditas pelo adversário petista. 

Retirar do ar por meio da Justiça Eleitoral

Chamada de Pimentel Mente, a página foi criada pela coligação encabeçada por Pimenta e cita pontos considerados contraditórios na disputa estadual, incluindo a responsabilidade pelas obras no metrô da capital. Em resposta, Pimentel estuda acionar a Justiça Eleitoral para que o portal seja retirado do ar.

A tática do PSDB é evitar que Pimenta da Veiga seja responsável pelos ataques diretos ao adversário. E as críticas mais contundentes deverão ser feitas por aliados. Nesta quinta, Nárcio Rodrigues, um dos coordenadores da campanha, afirmou que o papel do candidato tucano é apresentar propostas. “Mas temos que mostrar essas mentiras. E a melhor forma de fazê-lo é com um enfrentamento. Os aliados darão contribuição. Estamos todos preocupados com a onda de mentiras”, ressaltou.


Durante agenda em Belo Horizonte, Pimenta respondeu apenas à presidente Dilma Rousseff sobre o metrô. “A linha 2, do Barreiro, tem projeto pronto há anos. Se ela quisesse, poderia ter construído. O metrô sempre foi de responsabilidade do governo federal”, disse, declarando em seguida que a petista quer fazer o “povo de bobo”. O tucano ressaltou ainda que o governo Fernando Henrique Cardoso “não ficava pedindo para ninguém fazer projeto”.

"Analisando a possibilidade de entrar com uma medida judicial”

A resposta da equipe do PT em relação aos ataques tucanos deve ser dada via Justiça. Nesta quinta, Fernando Pimentel informou que seu departamento jurídico “está analisando a possibilidade de entrar com uma medida judicial” contra o site Pimentel Mente. “É lamentável esse tipo de atitude da campanha adversária, mas tenho certeza de que o povo mineiro repudia o procedimento”, avaliou. Uma página chamada Turista da Veiga, com críticas ao candidato do PSDB, também já foi criada, mas seu autor é desconhecido.

Questionado se os ataques mais fortes são uma mudança de estratégia de seu oponente, o petista garantiu que não “vai adotar esse tipo de praxe”. “Se o adversário o fizer, vai ficar muito chato para ele”.


Sobre o metrô, o ex-ministro usou como resposta discurso semelhante ao da presidente. “O dinheiro não foi liberado pela Caixa Econômica Federal pois a Metrominas apresentou projeto incompleto. O início das obras não foi retomado por isso. Quem gosta de transferir responsabilidades é o governo do PSDB”.

ISABELLA LACERDA E FLÁVIA CARNEIRO
O Tempo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...