terça-feira, 18 de novembro de 2014

Ao fazer chacota e distorcer manifestação, repórter do CQC é humilhado e expulso; veja vídeo


Imagem: Reprodução/Youtube
O repórter Guga Noblat, do programa CQC, foi humilhado e expulso da segunda manifestação contra Dilma, ocorrida neste sábado em São Paulo. Apesar de os organizadores e a quase totalidade dos manifestantes exigirem a investigação dos escândalos de corrupção na Petrobras, a anulação das eleições, a auditoria externa das urnas eletrônicas, além do impeachment de Dilma, o programa CQC noticiou, em matéria a respeito do primeiro ato, que o protesto pedia que os militares voltassem ao poder no país. Veja o vídeo:



Neste contexto, os manifestantes acusam o programa de tentar, de todas as formas possíveis, distorcer e ridicularizar a manifestação. Para tal, apontam inclusive o fato de, na reportagem anterior, terem tirado de contexto falas de participantes, limitando-se a entrevistar pessoas que não representam a maioria ou, ainda, desrespeitando lideranças. 

Leia também:
Professor universitário é ofendido e humilhado por militantes após criticar comunismo; assista
Governo cubano determina que médicas grávidas são obrigadas a fazer aborto para continuarem no Brasil, diz IstoÉ
Cubano enfrenta tubarões e faz travessia de 4 dias em prancha de windsurf para fugir para os EUA
Patrimônio de deputada do Partido Comunista do Brasil cresceu 1200% em 4 anos
Aeroportos cubanos receberão US$ 150 milhões do BNDES
'Se R$ 700 dá para sustentar família, deputado tem que ganhar isso', diz Zé Maria, candidato à presidência; veja
Black Bloc preso em manifestação diz que participou das FARC, assume ser comunista, defende Stálin e diz que vai lutar pela Rússia
Universidade do governo terá aulas de marxismo
Sininho e outros 'ativistas' presos fazem gesto de mensaleiros e cantam 'sou comunista até morrer'; assista ao vídeo
Candidata do PSTU diz que o partido está se preparando para fazer uma 'revolução armada' e tomar o poder
Fernanda Andrade denuncia envolvimento de Luciana Genro com regimes autoritários e expõe a ditadura cubana; assista
Coreia do Norte admite existência de campos de concentração para ‘reformar’ cidadãos

Luciana Castro
Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...