sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Motorista detido com R$ 180 mil é nomeado para cargo no governo do Piauí


Imagem: Reprodução/Comepi
O Diário Oficial publicou nessa quinta-feira (29) a nomeação de José Martinho Ferreira de Araújo para exercer o cargo em comissão de assistente de serviços II da Secretaria de Governo do Piauí. O novo servidor é primo do governador Wellington Dias (PT) e foi flagrado pela Polícia Rodoviária Federal, na Bahia, em setembro do ano passado transportando R$ 180 mil, numa viagem que fazia de carro entre Brasília e o interior do Piauí.

Na época, José Martinho trabalhava como motorista no gabinete do então senador e candidato ao governo Wellington Dias. O caso ganhou repercussão nacional devido à forma como o dinheiro estava sendo transportado pelo motorista, escondido debaixo do banco traseiro do veículo, e por se tratar de período eleitoral. O Ministério Público Federal investiga o caso e como José não conseguiu comprovar a origem, o valor foi apreendido e depositado numa conta da justiça.

Leia também: 

O advogado Ademar Silva de Vasconcelos, que representa o funcionário, alegou, na época da apreensão, que os R$ 180 mil seriam resultado da venda de parte de um imóvel que o funcionário do Senado teria em Brasília. Ele explicou que uma parte da venda foi paga em dinheiro, a que foi encontrado no carro, e o restante em cheque, a ser descontado em 90 dias e que o valor seria usado por seu cliente para comprar uma propriedade no Piauí.

Imagem: Reprodução / PRF
O procurador regional eleitoral no Piauí, Kelston Lages, abriu processo para investigar a origem do dinheiro, que segundo ele, denota abuso do poder econômico e compra de votos. Além disso, ele solicitou ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí a quebra de sigilo telefônico de José Martinho. "Nós sabemos que o motorista chegou a fazer uma ligação no momento da prisão e queremos saber para quem foi", declarou.

O G1 procurou José Martinho Ferreira de Araújo para comentar sua nomeação e a investigação em curso sobre a apreensão do dinheiro, mas ele não foi encontrado.

Nota

Em nota o secretário de governo do Piauí, Merlong Solano, afirmou não existir problema na nomeação do novo servidor. "José Martinho era motorista Wellington Dias no Senado, agora será funcionário do nosso governo na Superintendência de Representação em Brasília. Não há nenhuma relação entre o senador e o processo a que José Martinho está respondendo, já que o mesmo estava de férias. O governador não tinha sequer conhecimento da viagem, de modo que o governo está absolutamente tranquilo em relação ao assunto", informou.

Veja também:



 
  

G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...