segunda-feira, 9 de março de 2015

Hashtag #VaiaDilma atinge primeiro lugar nos trending topics do Twitter


Imagem: Reprodução
O pronunciamento da presidente Dilma pelo Dia Internacional da Mulher foi marcado por intensos protestos, na forma de panelaços, vaias e buzinaços em todo o Brasil. O colunista Felipe Moura Brasil aponta que que a hashtag #vaiadilma ficou em primeiro lugar nos trending topics do twitter e aponta algumas razões para a insatisfação e indignação da população com o discurso da presidente. 
Leia abaixo o texto completo: 

A hashtag #VaiaDilma atingiu o primeiro lugar nos Trend Topics do Twitter durante a madrugada desta segunda-feira, poucas horas após a presidente Dilma Rousseff politizar o Dia da Mulher pronunciando na TV o discurso mentiroso escrito pelo marqueteiro João Santana ao mesmo tempo em que recebia vaias pelas ruas e janelas do Brasil, com direito a buzinaços, panelaços e piscadas de luzes, além dos gritos de “Fora Dilma!” e “Fora PT!”.
Leia também: 
Não era para menos: a realidade de corrupção, inflação em alta, aumento de impostos, recessão, credibilidade internacional zero, nível de investimento negativo, endividamento de empresas em dólares cada vez mais caros e de famílias após anos de ilusão com crédito barato - tudo isso deu lugar às artimanhas retóricas de sempre, como:
1) a demonização da imprensa (cujos noticiários “insuficientes” até “nos confundem”);
2) a terceirização da culpa (para a crise internacional, ainda que China e Índia, os outros grandes integrantes do Brics, tenham crescido mais que o Brasil no mesmo período);
3) a maquiagem de dados (“44 milhões foram para a classe média”, sendo que uma família de classe média, com quatro pessoas, ganha no Brasil entre 1.500 e 2.000 reais por mês, ou menos de 700 dólares, o que está abaixo da linha da pobreza em qualquer país civilizado; ou ainda “somos a 7ª economia do mundo”, sem mencionar que o país é o 95º em renda per capita, com uma população pobre);
4) a mentira propriamente dita (“Começamos cortando os gastos do governo”, quando seus 39 ministérios continuam intactos e o Estado cada vez mais inchado);
5) a apelação à condição feminina (embora seu programa de proteção à mulher só tenha cumprido uma meta, como mostrou O Globo).
6) a vanglória dos méritos alheios (como “aplicar duramente a mão da justiça contra os corruptos” na “apuração ampla, livre e rigorosa nos episódios lamentáveis contra a Petrobras” – ou seja: tudo que é feito pela Polícia Federal e pelo Ministério Público APESAR de Dilma, Lula e seus comparsas, como os advogados administrativos José Eduardo Cardozo e Luís Inácio Adams, que, disfarçados de ministro da Justiça e advogado-geral da União, acobertam a companheirada corrupta e as empreiteiras do petrolão - crime organizado pelo próprio PT);
Como aperitivo para o protesto de 15 de março, a #VaiaDilma foi mesmo merecida.
Domingo tem mais.
Boa, São Paulo!
Veja também: 









Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...