terça-feira, 14 de abril de 2015

Silêncio de funcionária agredida por Dilma foi comprado com imóvel do Minha Casa Minha Vida, diz Noblat


Imagem: Roberto Stuckert Filho/PR
O jornalista Ricardo Noblat fez um balanço dos 100 primeiros dias do segundo mandato de Dilma e relembrou um episódio, conhecido como "guerra dos cabides", em que a presidente Dilma teria atirado cabides em uma funcionária por não ter ficado satisfeita com a arrumação de seus vestidos. 

Como o episódio poderia ser explorado pelos adversários na campanha eleitoral, o silêncio da ex-funcionária foi comprado. Segundo Noblat, parte do pagamento consistiu em um imóvel do programa federal de moradia Minha Casa, Minha Vida. 

Leia abaixo o texto de Noblat: 

Uma pessoa que não ama seus semelhantes, ou que não sabe expressar seu amor por eles, não pode ser amada. Que o diga Jane, ex-criada do Palácio da Alvorada.Um dia, Dilma não gostou da arrumação dos seus vestidos. E numa explosão de cólera, jogou cabides em Jane. Que, sem se intimidar, jogou cabides nela.
Leia também: 

episódio conhecido dentro do governo como “a guerra dos cabides” custou o emprego de Jane.Mas ela deu sorte. Em meio à campanha eleitoral do ano passado, Jane foi procurada pela equipe de marketing de um dos candidatos a presidente com a promessa de que seria bem paga caso gravasse um depoimento a respeito da guerra dos cabides.Dilma soube. Zelosos auxiliares dela garantiram a Jane os benefícios do programa “Minha Casa, Minha Vida”, uma soma em dinheiro e um novo emprego. Jane aceitou. Por que não?

Veja também: 


Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...