sexta-feira, 5 de junho de 2015

Elba Ramalho revela perseguições e boicote que sofreu por ser opor aos interesses do PT; veja vídeo


Imagem: Reprodução/Youtube
A cantora Elba Ramalho contou durante sua consagração à Virgem Maria segundo o método de São Luís de Monfort a perseguição que sofreu por parte do Governo Federal quando se decidiu pelo movimento Pró-vida.


” Há quatro anos fui convidada para fazer um show depois da caminhada pela vida. Meu empresário falou que era uma ONG bacana, mas não disse o que era. Aceitei e cobrei apenas o cachê dos músicos. Na véspera do show, às 11h da noite toca o telefone. Era o Ministro da Cultura.

_ Elba, sou Juca Ferreira , Ministro da Cultura. Estou sabendo que amanhã vou vem fazer um show para uma ONG que defende a vida. Eu como Governo e Ministro da Cultura, quero te dizer que quem pagaria seu cachê seria o Ministério da Cultura, mas eu não vou pagar porque nós somos a favor da legalização do aborto _  disse o ministro.

_ Agradeço Ministro pela consideração de ter ligado. Não quero esse dinheiro. Muito obrigada _ respondeu Elba”.

Juca Ferreira foi Ministro da Cultura durante o Governo Lula.

A cantora ainda falou sobre a perseguição e ameaças por parte de grupos feministas e das poderosas corporações que apoiam o movimento pró-aborto. Elba é uma das poucas artistas consagradas do Brasil que abraçou a causa pró-vida, inspirada pela fé e devoção à Virgem Maria.


Veja também:

Vídeos relacionados


Veja também:

Vanderlúcio Souza
Blog Ancoradouro
O POVO Online
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...