sábado, 17 de outubro de 2015

Ativista se indigna e chama, cara a cara, jornalistas da Globo e de outras emissoras de ‘prostitutas do PT’; veja vídeo


Imagem: Reprodução/Youtube
O ativista Renan Santos, do MBL, indignou-se com o que ele classificou como uma cobertura parcial da televisão e da grande mídia em geral a respeito do novo pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, os jornalistas “vendidos” para o PT falaram apenas de Eduardo Cunha, tentando desviar a temática e deslegitimar o pedido. No ensejo, “cara a cara”, ele chamou os profissionais presentes no local de “prostitutas trabalhando para o PT”. Veja:


Na Câmara dos Deputados, o parlamentar Luiz Carlos Hauly “emparedou” Eduardo Cunha, presidente da Câmara, ao exigir a abertura do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Após abordar a situação caótica pela qual passa o país, Hauly foi enfático: “Tome uma posição contra esses patifes e pelo Brasil!”. Assista ao vídeo:



Veja também:

Vídeos relacionados



Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...