quinta-feira, 27 de julho de 2017

Jornalista americano que Lula tentou expulsar do país diz que sofreu risco de morte ao falar sobre Celso Daniel


 Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
Em 2004, o ex-presidente Lula tentou expulsar do Brasil o jornalista Larry Rohter – então correspondente do NY Times para o Brasil – depois da publicação de uma reportagem em que afirmava que a “predileção do presidente Lula por bebidas fortes estava afetando seu desempenho no gabinete”.



Em 2012, ele deu uma entrevista à Revista Época, onde contou o que ficou do episódio: “Ele reagiu com o fígado. Foi uma semana difícil, mas passou. As instituições democráticas funcionaram como deveriam e fui poupado da expulsão que o governo buscava. A imprensa brasileira, mesmo não gostando da matéria, defendeu a liberdade de imprensa e eu fui beneficiado por isso. No livro, tenho uma visão equilibrada do governo Lula. O que ele fez foi importantíssimo, tem que dar o mérito devido e o país prosperou”.

Leia também: 
Janaína Paschoal faz alerta urgente: 'Marcos Valério precisa ter sua segurança reforçada! Nada mais simples do que ocorrer um briga fatal em um presídio'
Marcos Valério fecha acordo de delação premiada
'Ronan ia entregar Lula como mentor do assassinato de Celso Daniel', diz Marcos Valério
Morte de 'Sombra' é décimo óbito muito estranho no caso Celso Daniel

Na época, ele disse suas impressões sobre o julgamento do mensalão: “Não entendo por que demorou sete anos para o julgamento começar. Acho que José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares, Marcos Valério fizeram um dano incalculável à democracia brasileira. O PT chegou ao poder prometendo transparência e honestidade, mas, em vez de cumprir a promessa, traiu o povo e implantou o governo mais corrupto na história da República, liderado por um presidente que fingia não ver, não ouvir e não entender nada, inclusive as falcatruas que aconteciam no próprio gabinete dele. Não sei se ele vai escapar ileso do mensalão. No sentido legal, sim, provavelmente. Mas a imagem dele está manchada e ele sabe disso”.

Ele falou também sobre ser um jornalista polêmico: “Não tenho medo de ir fundo e investigar as coisas mais pesadas. Até hoje acho que aquela matéria sobre o caso Celso Daniel (prefeito do PT que foi assassinado em Santo André) provocou a ira de alguns políticos importantes do PT e eu corri risco de morte, mas isso para mim é história e o país já está em outra etapa”.


Veja também:













Jornalivre
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...