sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Moro manda prender ex-líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira, 18, mandados das fases 43 e 44 da Operação Lava Jato. As duas etapas da investigação foram deflagradas simultaneamente.

O ex-deputado Cândido Vaccarezza é alvo de mandado de prisão expedido pelo juiz federal Sérgio Moro.



Agentes cumprem 46 ordens judiciais – seis prisões temporárias, 29 buscas e apreensões e 11 conduções coercitivas em São Paulo, Santos e Rio.

Leia também: 

Padrinho de filha de Barata, Gilmar Mendes se justifica: 'Casamento não durou seis meses'
Empresa alvo da operação Ponto Final contratou escritório da mulher de Gilmar Mendes
Juiz expede novo mandado de prisão contra executivo solto por Gilmar
Lula começa sua 'caravana de ônibus pelo Nordeste' indo de avião


As operações de hoje foram denominadas Sem Fronteiras e Abate. A investigação mira desvios de contratos de navios da Petrobrás.

Na Sem Fronteiras é investigada a relação espúria entre executivos da Petrobrás e grupo de armadores estrangeiros para obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários com a empresa brasileira.

Na Operação Abate, a ação visa desarticular grupo criminoso que era apadrinhado por ex-deputado federal, cuja influência era utilizada para a obtenção de contratos da Petrobrás com empresa estrangeira. Nesta relação criminosa, recursos foram direcionados para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-parlamentar.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba onde permanecerão à disposição do juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba/PR.


Veja também: 




Fausto Macedo, Ricardo Brandt e Julia Affonso
O Estado de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...