sábado, 12 de agosto de 2017

PGR encerra negociação de delação premiada com Eduardo Cunha


Imagem: Pedro Ladeira / Folhapress
As negociações da Procuradoria-Geral da República (PGR) para a delação premiada do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha estão encerradas. Cunha, reclamam os procuradores envolvidos, é incapaz de reconhecer sua participação em falcatruas na Petrobras. O peemedebista também poupa políticos próximos a ele e não consegue provar as acusações que faz contra o presidente da República, Michel Temer. Na semana passada, EXPRESSO revelou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, classificara a proposta de delação de Cunha como “biscoito de polvilho” porque só fazia barulho.



Leia também: 
Governo não cumpriu papel de cortar gastos e mudar meta é ruim, diz Maia
Morre ex-marido de Dilma
As digitais do PT estão impressas de modo indelével na tragédia venezuelana, diz Caiado
Lula volta a dizer que, se for eleito, vai censurar a imprensa
Fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas é um deboche, diz presidente da OAB
Após retaliação do PMDB por voto contra Temer, Zveiter anuncia saída do partido

Veja também: 





Murilo Ramos
Época
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...