domingo, 27 de agosto de 2017

Postura de Gilmar lança dúvidas sobre a credibilidade de toda a Justiça, diz procurador


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, criticou neste sábado o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, ao afirmar que as decisões e manifestações dele afetam a credibilidade do sistema Judiciário brasileiro e que despertam suspeita.



— O que nos chama a atenção na postura de Gilmar Mendes é que suas manifestações vão contra o espírito da Lava-Jato de que todos são iguais. Vemos manifestações recentes que não respeitam as leis que regem a magistratura e lançam dúvidas sobre a credibilidade de toda a Justiça — disse após participação no Congresso Internacional de Mercados Financeiros da B3.

Leia também: 
Moro responde a Mônica Bergamo, do grupo UOL/Folha: 'Matéria irresponsável, para denegrir-me'
Na Paraíba, Lula repete sua principal promessa de campanha até agora: censurar a imprensa
Recomeça a andar no STF ação sobre prisão após condenação em segunda instância
Gilmar Mendes é campeão de rejeição em pesquisa Ipsos

Nessa semana, o procurador já tinha reclamado das decisões do ministro. A queixa se deu após, na quarta-feira, Mendes determinar a soltura de três réus da Lava-Jato, entre eles Rogério Onofre, ex-presidente da Detro, que é acusado de receber propina para beneficiar empresas de ônibus, que foi preso hoje novamente.

Dallagnol reforçou que é preciso respeitar as decisões de todas as instâncias da Justiça, desde que feitas com base nas leis. No entanto, afirmou que o ministro Gilmar Mendes teve mudanças de posições recentes que também colocam em dúvida essa credibilidade.

Como exemplo, citou a avaliação sobre o julgamento da chapa Dilma-Temer. No início de junho, quando houve a votação no plenário do STF da cassação da chapa, coube a Mendes desempatar a votação, o que impediu a votação. Antes do impeachment da presidente Dilma Rousseff, ele se mostrava favorável à cassação.

— São mudanças de posição sem mudança no quadro fático —- disse o procurador.


Veja também:

 





Ana Paula Ribeiro
O Globo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...