sexta-feira, 18 de agosto de 2017

STF tem que afastar Gilmar Mendes do caso do 'rei do ônibus' ou ficará desacreditado, diz procurador da Lava Jato


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ministro do STF, Gilmar Mendes, afirmou que o fato de ser padrinho de casamento da filha do réu não o impediria de julgar Jacob Barata Filho, conhecido como "rei do ônibus". Gilmar Mendes concedeu dois habeas corpus a Barata em menos de 24 horas. O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da Lava Jato, foi duro em sua crítica. Lima respondeu à questão de Gilmar ("Ser padrinho de casamento impede alguém de julgar um caso?"): "SIM, e o STF deve, sob pena de descrédito, afastá-lo".


Você quer saber como acompanhar, gratuitamente, os melhores vídeos sobre a política brasileira: Clique aqui e inscreva-se para receber nossos vídeos!


Gilmar Mendes não é apenas padrinho da filha do réu. O réu também é sócio de seu cunhado e contratou o escritório da esposa de Gilmar para sua defesa. 

Leia também: 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...