terça-feira, 12 de setembro de 2017

OAB suspende registro de ex-procurador Marcelo Miller, mas registro de José Dirceu permanece ativo


Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) confirmou nesta terça-feira (12) a suspensão do registro de advogado do ex-procurador da República Marcelo Miller, que foi braço direito do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.



Ele é suspeito pela PGR (Procuradoria-Geral da República) de atuar para o grupo J&F, dos empresários Joesley e Wesley Batista, enquanto ainda era servidor público.

A suspensão pode durar 90 dias ou mais, a depender da conclusão do processo ético instaurado em maio passado para apurar a conduta do ex-procurador, que nega improbidade no caso.

Leia também:
Doria defende privatização gradual da Petrobrás e fusão da Caixa e do BB



A medida será formalizada nesta quarta-feira (13) pelo presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, após um evento no Rio, onde Miller está registrado. Com a conclusão do processo ético, que corre sob sigilo, Miller pode ser punido novamente com a suspensão do registro e pagamento de multa.

Em nota, a assessoria do ex-procurador informou que a suspensão anunciada pela OAB "está em total desacordo com o estatuto" da instituição, que poderia acontecer somente "mediante sessão especial, assegurado ao advogado o direito de manifestação, o que não ocorreu." "Marcello Miller não foi notificado do processo de suspensão, muito menos foi ouvido", diz a nota.

Uma consulta ao Cadastro Nacional dos Advogados mostra que a inscrição do ex-ministro José Dirceu, que já foi condenado duas vezes na Lava Jato, permanece ativa. Veja:



Veja também:





 
 

Venceslau Borlina Filho
UOL
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...