domingo, 19 de novembro de 2017

Decisão de Lewandowski ameaça novas revelações da Lava Jato

Imagem: Ueslei Marcelino / Reuters
Um despacho proferido em um gabinete do Supremo Tribunal Federal às 15h53 da última terça-feira, dia 14, representou um dos mais graves golpes desferidos contra a Operação Lava Jato até aqui. De uma só canetada, o ministro Ricardo Lewandowski fez objeções ao formato de delação premiada que vem sendo adotado pelo Ministério Público desde o início da operação – e que já teve a chancela de outros ministros do tribunal, permitindo que as investigações avançassem até o ponto atual. Lewandowski devolveu para a Procuradoria-­Geral da República a delação premiada do marqueteiro Renato Pereira, que atinge parte da cúpula do PMDB, especialmente no Rio de Janeiro. O ministro alega descumprimentos à legislação e pede que o acordo seja ajustado. 

Espanha autoriza transferência de inquérito contra Ricardo Teixeira ao Brasil

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Espanha atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República e aceitou transferir ao Brasil o processo criminal e inquérito existente contra o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira. O compromisso, porém, é de que ele seja investigado e processado no País. O cartola havia sido indiciado na Espanha por corrupção, em um caso que levou à prisão do ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell.

CPMI da JBS quer indiciar e pedir prisão de Janot

Imagem: Evaristo Sá / AFP
A CPMI da JBS não acabou, mas o relatório final que os seus comandantes planejam terá como peça de resistência o pedido de indiciamento e prisão de Rodrigo Janot e do seu entorno na PGR.

'Pena' para quem rouba celular, mesmo com armas, é de apenas 24 horas

Imagem: Gladyston Rodrigues / EM
Armado com um revólver, o ladrão aborda uma pessoa na rua, anuncia o assalto, faz ameaças, leva o celular da vítima. Mesmo se for preso em seguida, em flagrante, pelo roubo, ele pode voltar para as ruas em 24 horas, livre para cometer o mesmo tipo de crime. Essa é uma situação que ocorre com frequência em Belo Horizonte e em todo o estado, segundo o promotor de Justiça Henrique Macedo, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias Criminais e de Execução Penal do Ministério Público de Minas Gerais. Como forma de tentar evitar que detidos em flagrante em casos como esses sejam colocados em liberdade, Macedo diz que o MP emitiu recomendação para que os promotores tentem ao máximo convencer os juízes a deixar atrás das grades assaltantes que agem mediante ameaça ou violência. Nem sempre resolve. “A tendência do tribunal é soltar o preso, se ele não for reincidente, em 24 horas – mesmo que tenha agido com emprego de arma de fogo,”, afirma.

Podemos, PSOL e PR querem expulsar 'infiéis' que soltaram deputados no Rio

Imagem: Ricardo Borges / Folhapress
O Podemos, PSOL e PR abriram processo para a expulsão de cinco deputados estaduais que contrariaram a determinação dos partidos e votaram pela liberação da prisão do presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio), Jorge Picciani (PMDB), e de seus correligionários Paulo Melo e Edson Albertassi.

Ex-assessor implode Geddel e revela que ajudou a destruir provas contra o peemedebista

Imagem: Reprodução / Veja
O assessor parlamentar Job Ribeiro Brandão, funcionário de confiança do ex-ministro Geddel Vieira Lima e de seu irmão Lúcio, deputado federal, foi convocado para uma missão delicada. Graças a um habeas corpus, Geddel, um líder do PMDB, ex-ministro do governo Temer e integrante do círculo de amigos mais próximos do presidente Michel Temer, havia deixado a penitenciária da Papuda, em Brasília, na noite de 13 de julho. De volta a Salvador para cumprir prisão domiciliar, Geddel tinha pressa. Preocupado com a possibilidade de as investigações da Operação Lava Jato o devolverem ao cárcere, Geddel incumbiu Job de destruir documentos, agendas e anotações. Assim fez Job. Papéis foram picotados e jogados na privada; outros documentos foram colocados em sacos de lixo e descartados. Estava limpo o terreno caso houvesse uma nova batida da Polícia Federal.

Salvo pela Alerj, Picciani se licencia para 'se dedicar à defesa e empresas'

Imagem: Pablo Jacob / Agência O Globo
Após a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) revogar a sua prisão, o presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB), informou que entrará de licença a fim de se dedicar à sua defesa e a do filho e cuidar de suas empresas.

Próximo da Black Friday, lojas aumentam descontos, mas também preços; preço final pode ficar maior

Imagem: Aloisio Mauricio / Fotoarena
Mesmo antes da Black Friday, período conhecido por concentrar notificações de propaganda enganosa, boa parte dos descontos que os consumidores encontram nos sites das grandes lojas não representa reduções de fato, apesar de muitas vezes trazerem descontos tentadores.

'Povo não tem que pagar Imposto de Renda sobre salário', afirma Lula

Imagem: Miguel Schincariol / AFP
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT à Presidência, disse neste sábado, 18, em Diadema, região do ABC, que “salário não é renda” e, portanto, o “povo” não deve pagar Imposto de Renda sobre seus vencimentos. Para o petista, a tributação deve recair sobre os “ricos”.

sábado, 18 de novembro de 2017

MP entra com ação para anular sessão que libertou Picciani, Melo e Albertassi

Imagem: Ricardo Moraes / Reuters
O Ministério Público do Rio entrou com um mandado de segurança, com pedido de liminar, requerendo que seja declarada nula a votação dos deputados da Assembleia do Rio, ontem, que libertou Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi. O MP pede ainda que seja realizada uma nova sessão para decidir sobre as prisões dos acusados na operação Cadeia Velha, da Lava-Jato no Rio.

Na TV, PMDB vai ironizar Dilma 'saudando a mandioca'

Imagem: Reprodução / NBR
Em novo filme de sua propaganda partidária, aprovado neste fim de semana pelo presidente Michel Temer, o PMDB vai ironizar a ex-presidente Dilma Rousseff em um discurso no qual a petista saúda a mandioca como "uma das maiores conquistas do Brasil".

Associação de Magistrados vai ao STF questionar decisão que livrou deputados da prisão e desmoralizou o Judiciário

Imagem: Fotos Públicas
Após a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) revogar a prisão e restituir os mandatos dos deputados peemedebistas Jorge Picciani, presidente da Casa, Paulo Melo e Edson Albertassi, nesta sexta-feira (17), o presidente da AMB (Associação de Magistrados Brasileiros) informou que a entidade vai entrar com uma ação pedindo esclarecimentos ao STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a decisão da Corte usada pela assembleia para reverter medidas cautelares contra os parlamentares.

Funcionários da CUT ameaçam fazer greve e presidente diz desconhecer o movimento

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
Funcionários da CUT (Central Única dos Trabalhadores) ameaçaram entrar em greve nesta semana, depois que a entidade iniciou na terça-feira (14) um Programa de Demissão Incentivada (PDI) para enxugar em quase 60% sua folha de pagamento.

Ministro do Supremo diz que viu com ‘perplexidade’ decisão da Alerj

Imagem: Carlos Moura / STF
O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta sexta-feira, 17, que viu com “perplexidade” a decisão da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) de revogar a prisão do presidente da Casa, deputado Jorge Picciani, do deputado Paulo Melo e do líder do governo, deputado Edson Albertassi, todos do PMDB. A prisão tinha sido determinada na última quinta-feira, 16, por decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2).

'O que aconteceu no Rio é uma amostra do que pode acontecer em Brasília', diz Dallagnol

Imagem: André Dusek / Estadão
O procurador da República Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Operação Lava Jato, disse nesta sexta-feira, 17, que a decisão da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) de derrubar as prisões dos deputados peemedebistas Jorge Picciani, presidente da Casa, Paulo Melo e Edson Albertassi é "uma amostra do que pode acontecer em Brasília e com a Lava Jato".

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Juiz de 1ª instância condena Renan Calheiros a perder o mandato e direitos políticos

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A 14ª Vara Federal de Brasília condenou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) a perder o mandato e suspendeu seus direitos políticos por oito anos por improbidade administrativa. O alagoano, porém, ainda pode recorrer da decisão e se manter no cargo enquanto eventuais recursos não forem julgados.

Assessor das digitais no dinheiro quer assinar delação sobre o bunker de R$ 51 milhões de Geddel

Imagem: PF
O ex-assessor parlamentar do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Job Ribeiro Brandão, buscou a Polícia Federal e a Procuradoria-Geral da República (PGR) para fazer um acordo de colaboração premiada e já prestou depoimento à PF na última terça-feira, 14. O Estado apurou que Job, no depoimento, explicou qual era sua participação nos desvios que seriam praticados pelo deputado e seu irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima.

Justiça determina bloqueio de R$ 270 milhões de Picciani, Melo e Albertassi

Imagem: Alexandre Cassiano / Ag. O Globo
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região determinou nesta sexta-feira o bloqueio cautelar de contas e bens de 13 pessoas e 33 empresas investigadas na Operação Cadeia Velha, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal. A medida cautelar penal foi apresentada pelo Ministério Público Federal, que encaminhou ao relator a listagem com nomes e valores referentes aos bens. Entre as contas e bens bloqueados estão os do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi. Os valores dos bens bloqueados dos três deputados somam R$ 270 milhões: sendo que R$ 154.460.000 de Picciani, R$ 108.610.000 de Paulo Melo, e R$ 7.680.000 de Albertassi, segundo o site G1.

Polícia prende Ronan e procura mais três por propinas na gestão Celso Daniel

Imagem: Joedson Alves / AE
A Polícia de São Paulo prendeu nesta sexta-feira, 17, o empresário Ronan Maria Pinto, condenado a 14 anos de prisão por envolvimento em esquema de corrupção instalado no setor de transportes públicos de Santo André, gestão do ex-prefeito Celso Daniel (PT), executado a tiros em janeiro de 2002.

Picciani, Melo e Albertassi deixam prisão em carro oficial, após decisão da Alerj

Imagem: Reprodução / Estadão
Presos na quinta- feira, 16, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio, deputado Jorge Picciani, o deputado Paulo Melo e o líder do governo, deputado Edson Albertassi, todos do PMDB, usaram carro oficial para deixar a prisão nesta sexta-feira, 17. Eles ficaram menos de 24 horas na cadeia.

Raquel Dodge diz que revogar prisão após segunda instância é 'triplo retrocesso' e critica ministros que desobedecem à decisão do STF

Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou em documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) que uma possível revogação do entendimento de que réu condenado em segunda instância deve começar a cumprir sua pena imediatamente será um “triplo retrocesso”.

Liberação de deputados precisa de aval de desembargador, diz Tribunal

Imagem: Rodrigo Menezes / Futura Press
A liberação de três deputados estaduais pelo PMDB do Rio – Jorge Picciani, Edson Albertassi e Paulo Melo – depende da assinatura do desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) Abel Gomes em uma expedição de soltura, informou a corte, por meio de sua assessoria de imprensa. Gomes é relator do processo julgado nessa quinta-feira, 16, que determinou a prisão preventiva dos três parlamentares por suposta participação em esquema de corrupção e lavagem de dinheiro.

Casas legislativas viraram tribunais de exceção, diz colunista

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
O colunista Josias de Souza explica como a decisão de Carmen Lucia, ao dar o voto de Minerva para salvar Aécio Neves, desencadeou um movimento de reação contra a Lava Jato, com todas as instâncias do Legislativo assumindo as funções de tribunais de exceção para livrar a cara de seus membros encrencados com a lei. 

URGENTE: Alerj liberta deputados presos

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O número de votos necessários para libertar os deputados presos e devolver-lhes o mandato já foi atingido na Alerj. Os três deputados, cuja prisão foi decidida por unanimidade pelos desembargadores do TRF-2, receberam um passe livre para saírem da prisão e retomarem suas atividades.

PM joga bombas de gás contra manifestantes na Assembleia do Rio

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Polícia Militar está usando bombas de gás para dispersar cerca de mil manifestantes que se concentram em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), onde deputados estaduais votam pela manutenção ou não da prisão de três parlamentares, entre eles o atual presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB). O lançamento das bombas provoca correria por ruas do Centro do Rio.

Começa sessão da Alerj que decidirá se solta os deputados presos; assista ao vivo

Imagem: Reprodução / TV Alerj
A sessão do plenário da Alerj que votará o parecer que propôs a soltura e restabelecimento do mandato dos deputados presos na operação "Cadeia Velha" começou. 

CCJ da Alerj aprova parecer pela soltura de deputados presos

Imagem: Fábio Motta / Estadão Conteúdo
A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou um parecer favorável à soltura dos deputados presos ontem na operação Cadeia Velha. Os deputados tiveram ordem de prisão aprovada por unanimidade pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, mas uma decisão do STF submeteu as decisões do Judiciário relativas a parlamentares ao Legislativo. 

Álvaro Dias anuncia candidatura à Presidência com apoio de Romário e Bebeto

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O senador Alvaro Dias (Podemos-PR) confirmou, na manhã desta sexta-feira (17), no Rio de Janeiro, a pré-candidatura à Presidência da República para as eleições de 2018. Ao lado dele, o também senador Romário (Podemos-RJ) anunciou a intenção de concorrer ao Governo do Estado do Rio de Janeiro. O evento marcou ainda a filiação do deputado estadual Bebeto ao partido. O ex-jogador, que cumpre seu segundo mandato, se desligou do PDT. As convenções do partido para a oficialização das candidaturas devem ocorrer em junho do próximo ano.

Pré-candidato do PT em SP vira réu por fraude em licitação do 'Museu do Lula'

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Luiz Marinho, virou réu em processo sobre irregularidades na construção do MTT (Museu do Trabalho e do Trabalhador), em São Bernardo do Campo (SP), no ABC Paulista. Marinho foi prefeito da cidade por dois mandatos seguidos, de 2009 a 2016, e ministro no segundo mandato presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

CCJ da Alerj fará votação secreta sobre prisão de deputados; veja quem votou pelo sigilo

Imagem: Juliana Castro / O Globo
A votação na CCJ da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro sobre a ordem de prisão dos deputados estaduais Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi será secreta.  Votaram pela reunião secreta os deputados Gustavo Tutuca (PMDB), Rosenverg Reis (PMDB), Milton Rangel (DEM) e Chiquinho da Mangueira (Pode). Já Luiz Paulo (PSDB), Carlos Minc (sem partido) e Rafael Picciani (PMDB) defenderam que a reunião fosse aberta. Quando Picciani votou, o placar já estava decidido a favor do fechamento da sessão. 

Cariocas vão à cadeia de Benfica para comemorar um ano da prisão de Cabral

Imagem: Fabiano Rocha / Ag. O Globo
No dia em que o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) completa um ano preso, um grupo de bombeiros foi à porta da penitenciária em que está o peemedebista para comemorar. Na frente da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio, os manifestantes bateram tambores, levaram cartazes de protesto e até estouraram espumante na manhã desta sexta-feira.

Moro chama Marcelo Odebrecht e Leo Pinheiro para audiências sobre sítio de Atibaia

Imagem: Luis Ushirobira / Valor
O juiz federal Sergio Moro notificou, nesta quinta-feira (16), Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro sobre duas audiências da ação penal relativa ao sítio de Atibaia que serão realizadas em fevereiro de 2018. Nelas, Moro ouvirá testemunhas de acusação convocadas pelo Ministério Público Federal (MPF). Entre elas, estão o ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa, o ex-marqueteiro do PT João Santana, e a mulher dele, Mônica Moura.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Procurador da Lava Jato alerta para risco de ‘anistia da madrugada’

Imagem: Marcelo Andrade / Gazeta do Povo
As eleições de 2018 podem trazer uma renovação significativa para o Congresso Nacional, onde atualmente grande parte dos parlamentares está mergulhada em denúncias de corrupção. Diversas iniciativas da sociedade civil buscam uma espécie de certificação dos candidatos ao Parlamento no ano que vem e apostam na indignação dos eleitores com a corrupção para colocar para fora de Brasília políticos enrolados em investigações.

Movimentações financeiras na Lava Jato já equivalem ao dobro do PIB brasileiro

Imagem: Aniele Nascimento / Gazeta do Povo
Em pouco mais de três anos, a Operação Lava Jato analisou, em termos de movimentações financeiras, o equivalente a quase o dobro do valor do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Segundo dados da Polícia Federal, foram analisados cerca de R$ 12 trilhões, sendo que o PIB chegou a R$ 6,266 trilhões em 2016. Esse montante, segundo peritos, representa tudo que já foi identificado em contratos na Petrobras, em obras concluídas e inacabadas, em movimentação de dinheiro no exterior, em obras de arte, entre outros.

PT faz representação criminal contra a Globo e diz que, contra a emissora, uma delação é suficiente para provar crimes

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores divulgou nota informando que apresentou à Procuradoria-Geral da República uma representação criminal pedindo a apuração da notícia de que a rede Globo pagou propinas para obter os direitos de transmissão de campeonatos internacionais de futebol. 

Justiça emite mais um mandado de prisão contra o 'rei do ônibus'

Imagem: Ana Branco / Agencia O Globo
A juíza federal Caroline Vieira Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal, do Rio, decretou novo mandado de prisão nesta quinta-feira, 16, contra o empresário Jacob Barata Filho, o "Rei do Ônibus". O empresário agora tem contra si dois mandados de prisão. Um da Operação Cadeia Velha e outro da Operação Ponto Final.

URGENTE: Picciani se entrega à Policia Federal

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
RIO — O deputado estadual Jorge Picciani, presidente da Alerj, se entregou nesta tarde de quinta-feira na sede da Polícia Federal, na Praça Mauá.

Gilmar Mendes diz STF pode extinguir acordos de delação

Imagem: Pedro Ladeira / Folhapress
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes disse nesta quinta-feira (16) que o instituto da delação premiada fica ameaçado por eventuais ilegalidades feitas nos acordos.

URGENTE: Por unanimidade, tribunal determina a prisão de Picciani, Melo e Albertassi

Imagem: Montagem / O Globo
Por unanimidade, os desembargadores da Seção Criminal do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) votaram nesta quinta-feira pela prisão em flagrante do presidente da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani, do líder do governo na Casa, Edson Albertassi, e do deputado Paulo Melo, todos do PMDB. Foram cinco votos pela prisão dos deputados. 

Procuradoria aponta que 'rei do ônibus' descumpriu as regras impostas por Gilmar Mendes ao tirá-lo da prisão

Gilmar Mendes é padrinho de casamento da filha de Barata Filho
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O Ministério Público Federal do Rio pediu nesta sexta-feira (16) o restabelecimento da prisão preventiva do empresário Jacob Barata Filho por desrespeitar as medidas cautelares impostas pelo Supremo Tribunal Federal.

Câmara paga até R$ 23 mil de aposentadoria a deputados cassados

José Dirceu, prestes a ir para a cadeia, recebeu parecer favorável
para ter uma aposentadoria de mais de R$ 9 mil reais
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Câmara paga aposentadoria de até R$ 23.344,70 por mês para deputados cassados. Os benefícios são provenientes de um plano de previdência abastecido, em parte, com recursos públicos. Nove parlamentares que perderam o mandato por envolvimento em esquemas de corrupção ou improbidade administrativa recebem os pagamentos mensais – o valor mais baixo é de R$ 8.775,38. 

Contra a corrupção nos Tribunais de Contas, procurador Júlio Marcelo defende fim das indicações políticas

Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
Os Tribunais de Contas dos Estados muitas vezes têm sido usados de uma forma para esconder os esquemas de corrupção e os indicados são colocados em cadeiras estratégicas para “fechar os olhos” e fingir que nada está acontecendo. Em entrevista à Jovem Pan, o procurador Júlio Marcelo de Oliveira afirmou que a Associação do Ministério Público de Contas e dos Auditores defendem aprimoramentos com a reforma no TC, liderado pelo movimento “Muda TC”. De acordo com ele, uma das propostas é acabar com essa indicação política.

PF deflagra 5ª fase da operação Sermão aos Peixes

Imagem: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal
A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 16, a Operação Pegadores, 5ª fase da Sermão aos Peixes, que apura indícios de desvios de recursos públicos federais por meio de fraudes na contratação e pagamento de pessoal, em Contratos de Gestão e Termos de Parceria firmados pelo Governo do Estado do Maranhão na área da saúde.

Ministério Público pede o bloqueio de R$ 24 milhões de Lula e do filho caçula

Imagem: Paulo Whitaker / Reuters
A Procuradoria da República no Distrito Federal pediu à 10ª Vara Federal de Brasília que sejam bloqueados R$ 24 milhões em bens e valores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do filho caçula, Luís Cláudio. O pedido é desdobramento da Operação Zelotes e está relacionado à prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio de Medida Provisória editada pela administração petista e às negociações do governo brasileiro para a compra de caças suecos. Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Um dos empresários envolvidos no caso repassou R$ 2,5 milhões a uma empresa de marketing esportivo de Luís Cláudio.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Na UFBA, militantes de esquerda pedem 'morte aos cristãos' e impedem exibição de filme; assista

Imagem: Reprodução / Youtube
Na UFBA, o filme O Jardim das Aflições, baseado na obra de Olavo de Carvalho, não pôde ser exibido após militantes de esquerda se organizarem para ameaçar os participantes do evento. 

Procon divulga 'lista suja' de lojas para consumidor evitar na Black Friday

Imagem: Werther Santana / Estadão
A Black Friday, um dos dias mais aguardados pelo varejo nacional, acontecerá na sexta-feira, 24, e o Procon-SP divulgou a "lista suja" com as lojas que devem ser evitadas pelo consumidor. No total, são 518 estabelecimentos. A lista foi atualizada no dia 10 de novembro. 

Condenado por homicídio mais de 16 anos depois do crime, ex-dono da Gol recorrerá em liberdade

Imagem: Dida Sampaio / Estadão
O empresário Constantino Oliveira, o Nenê Constantino, ex-proprietário da Gol Linhas Aéreas, foi condenado na madrugada desta quarta-feira, 15, a 13 anos de prisão pelo assassinato de Tarcísio Gomes Ferreira. O julgamento foi realizado no Tribunal do Júri de Taguatinga, cidade do entorno de Brasília, e durou cerca de 28 horas.

Senado defende fundo bilionário que tira dinheiro da educação, saúde e infraestrutura e dá para partidos fazerem campanhas eleitorais

Imagem: Jefferson Rudy / Agência Senado
Após o Palácio do Planalto e a Câmara dos Deputados, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), encaminhou, nesta terça-feira, 14, ao Supremo Tribunal Federal (STF), uma manifestação em defesa do fundo bilionário aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente Temer para custear campanhas eleitorais com dinheiro público em 2018.

PGR denuncia ministro do TSE por agressão contra a mulher

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou o ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo crime de lesão corporal. Ele foi acusado pela sua mulher, Élida Souza Matos, em junho. Com um olho roxo, ela registrou um boletim de ocorrência e passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal. Élida se retratou em um depoimento posterior, mas o inquérito seguiu seu andamento normal. O caso corre no Supremo Tribunal Federal (STF) porque Gonzaga tem foro privilegiado devido ao cargo que ocupa.

Vídeo de Dirceu em festa foi divulgado pela própria mulher do petista

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O vídeo de José Dirceu sambando na festa de sua mulher, Simone, no domingo (12), foi divulgado por ela mesma no Instagram.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...