quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Lindbergh esperneia por candidatura de Manuela D'Ávila e leva resposta dura: 'Por que não te calas?'


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Ministro do governo petista, o deputado federal Orlando Silva (PC do B-SP) respondeu com ironia às críticas feitas pelo líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), à decisão do PC do B sobre lançamento da pré-candidatura da deputada Manuela D'Ávila à Presidência.


"Quando encontrar meu amigo Lindbergh vou perguntar: por que não te calas?", brincou Orlando Silva.

Neste domingo (5), Lindbergh afirmou que o PC do B comete erro ao lançar um candidato em um momento em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é alvo de ataques.

Leia também: 
Câmara articula PEC para regular ‘supersalários’
Delegado Éder Mauro acaba com Lula: 'Chefe de organização criminosa, bandido'

Apesar do tom de brincadeira, Orlando Silva afirmou que "não cabe tutela" na relação entre PT e PC do B.

"Não é razoável o líder de um partido criticar decisões de outro partido em temas próprios, deliberações que só cabem ao próprio partido. Imagina se vamos nós dizer quem deve ser candidato do PT?", reagiu.

DEBATE INTERNO

Segundo o deputado, houve um debate interno sobre o lançamento da candidatura.

"Prevaleceu a tese de propor Manuela D'Ávila ao Brasil. Isso é parte do jogo democrático", disse.

Também com ironia, Lindbergh reagiu à provocação nesta segunda (6).

"Esse 'por que não te calas?' não é um bom exemplo na esquerda. É uma frase prepotente do rei Juan Carlos espumando reacionarismo contra [Hugo] Chávez", afirmou o senador.

Lindbergh disse ainda que não deve haver "por que não te calas?" entre "companheiros da esquerda". E reafirmou considerar um equívoco a decisão da sigla.

"Fui respeitoso com o PC do B e com Manuela. Disse que era um direito deles. Só expressei minha opinião pessoal de que acho um erro o lançamento. O correto, na minha opinião, seria constituir desde já uma frente em torno do Lula para garantir sua candidatura e sua vitória", repetiu o senador, afirmando ser amigo de Orlando Silva.

"Fomos da UNE [União Nacional dos Estudantes] juntos. Isso não vai estressar a nossa relação, nem a relação história do PT e do PC do B".

Veja também:





Catia Seabra
Folha de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...