quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Para driblar lei, Lula quer intensificar ritmo de caravanas


Imagem: Douglas Magno / AFP
Terminada a caravana em Minas Gerais, Lula já está pensando nas próximas etapas.


Motivo: a partir de 2018, suas viagens podem ser enquadradas como campanha antecipada e serem proibidas pela Justiça Eleitoral.

Há motivos para a preocupação. O Ministério Público já está investigando a participação de Lula e Dilma Rousseff em evento em Monteiro (PB), no qual foi feita uma inauguração simbólica da transposição do Rio São Francisco.

Leia também: 
Justiça condena seis advogadas do PCC
Cabral poderá ter acesso a sala de cinema com home theater


Veja também:






Juliana Braga

O Globo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...