sábado, 9 de dezembro de 2017

Aécio é vaiado ao chegar à convenção que oficializará Alckmin no comando do partido


Imagem: Valter Campanato / ABr 
O presidente licenciado do PSDB, o senador Aécio Neves (MG) foi longamente vaiado pela militância do partido neste sábado (9) ao entrar no auditório em que foi realizada a convenção nacional do partido, em Brasília.



Na véspera do evento partidário, Aécio havia sido alertado de que havia risco de ele ser vaiado se decidisse comparecer à convenção que vai oficializar o governador Geraldo Alckmin como novo presidente da legenda.

Leia também: 

Tucanos que compareceram à convenção disseram ao Blog que grupos de diferentes alas do PSDB enviaram o alerta ao senador por mensagens no celular. Mesmo assim, segundo os dirigentes da sigla, Aécio ignorou os alertas e decidiu comparecer ao evento.

No entanto, aliados de Aécio disseram que se o senador se ausentasse do evento partidário, ele seria notícia da mesma forma, já que passaria a imagem de que estaria se "escondendo" após o escândalo da JBS. No caso específico, com o agravante de que estaria se escondendo "dentro de casa", por se tratar de um evento do seu partido.

Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista, empresário da JBS. Depois da delação, em maio, o senador se afastou da presidência do partido.

Veja também: 







Blog da Andreia Sadi

G1
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...