segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Raquel Dodge diz que Gilmar Mendes usurpou competência de Dias Toffoli e pede o retorno de Barata Filho à prisão


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Raquel Dodge entrou hoje com agravo regimental no STF contra a decisão monocrática de Gilmar Mendes que revogou a prisão preventiva de Jacob Barata Filho, informou o site do MPF.



Na mesma peça, a PGR também pede a restauração da prisão preventiva substitutiva do empresário, decretada pela 7ª Vara Federal do Rio.

Leia também:


A procuradora-geral da República alegou incompetência de Gilmar para julgar o pedido de habeas corpus –o HC anterior fora atribuído no STF, por sorteio, a Dias Toffoli, que negou o pedido em 27 de novembro.

Segundo Dodge, por prevenção, a competência para processar e julgar eventuais pedidos relacionados à Operação Cadeia Velha é de Dias Toffoli –foi em decorrência desse critério que ele indeferiu os habeas corpus para Jorge Picciani e Paulo Melo, presos na operação.

Para a PGR, além de Gilmar agir “despido de competência para tanto, afrontou a competência do ministro Dias Toffoli para fazê-lo, em clara ofensa à regra do juiz natural”.

Veja também:





O Antagonista
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...