quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Preso por invadir casa, roubar e matar idosa de 84 anos diz que ‘só se defendeu’


Imagem: Jander Robson / A Crítica
Tiago Pereira Guimarães, de 26 anos, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas como acusado de roubar e matar uma idosa de 84 anos no último dia 22 de dezembro, em Manaus. A vítima, Yolanda Tomé Seabra, reagiu ao assalto, levou um soco na cabeça e caiu no chão quebrando a coluna. À polícia, ele disse que “só se defendeu” e que o objetivo foi roubar para comprar drogas.



“De forma violenta ele conseguiu roubar uma televisão, um aparelho celular e quebrar a coluna dessa senhora, que veio a óbito. Ele confessa toda ação, a dinâmica dos fatos, mas alega que o objetivo dele não era matar, só roubar para comprar drogas”, explicou o delegado Adriano Félix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), responsável pelo caso.

Leia também: 

O crime aconteceu na casa da idosa, na rua Travessa do Caxangá, no Centro, Zona Sul. Segundo o delegado, Tiago percebeu que a porta da residência estava aberta e invadiu para cometer o roubo. Durante a ação criminosa, Yolanda Seabra reagiu e travou uma luta corporal com Tiago, que a atingiu com um soco na cabeça, fazendo com que ela caísse no chão e ficasse gravemente ferida.

A idosa ainda chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital e Pronto Socorro Doutor João Lúcio, mas não resistiu e morreu horas depois. Segundo informações da unidade de saúde, a vítima apresentou graves ferimentos decorrentes da queda. Após o crime, Tiago fugiu e vendeu a TV e o celular roubados.

Durante coletiva de imprensa na sede da Derfd na manhã desta terça-feira (9), em Manaus, o acusado Tiago Pereira confessou o crime e se disse arrependido. Ele confirmou que entrou na casa da idosa para roubar, mas negou a intenção de matá-la. “Ela foi pra cima e eu só me defendi empurrando ela”, falou.

Segundo o delegado Adriano Félix, o acusado já tem passagens na polícia por roubos. “Ele já responde por dois roubos majorados e agora vai responder por este latrocínio”, explicou o delegado. Após os procedimentos, Tiago será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Veja também:





Édria Caroline
A Crítica
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...