sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Delator da Friboi diz que Paulinho da Força disse que Temer tem fazenda em nome do coronel Lima


Imagem: Givaldo Barbosa / Ag. O Globo
O ex-diretor da JBS Ricardo Saud afirmou à Polícia Federal (PF) que o presidente Michel Temer possui uma fazenda no interior de São Paulo que está em nome do coronel João Baptista Lima, amigo do peemedebista já acusado de receber propina em nome dele.


"O deputado federal Paulinho da Força (SD-SP) comentou com o depoente que Michel Temer possui uma fazenda no interior de São Paulo/SP em nome da Argeplan ou mesmo do coronel Lima", diz o registro do depoimento de Saud. A empresa citada pertence ao coronel.

Leia também: 

De acordo com o delator, Paulinho da Força relatou ter recebido de Temer um pedido para ajudar a retirar integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) da fazenda invadida.

"Inclusive Paulinho da Força disse ao depoente que Michel Temer havia lhe telefonado solicitando auxílio quando da invasão da fazenda em questão pelo Movimento dos Sem-Terra, ocasião em que Michel Temer teria dito que a fazenda de um 'amigo' havia sido invadida e que necessitava de ajuda de Paulinho da Força para sua desocupação", diz o depoimento.

Segundo o depoimento de Ricardo Saud, após o pedido, Paulinho da Força teria entrado em contato com o líder do MST, José Rainha, para solicitar ajuda na desocupação. "Tem conhecimento que o problema foi resolvido e a fazenda desocupada, inclusive conforme divulgado pela imprensa", disse o delator.

Saud prestou depoimento no dia 16 de fevereiro, acompanhado do advogado Conrado Donati, no inquérito que investiga se Temer recebeu propina do setor portuário em troca da publicação de um decreto alterando regras do setor.

Sobre o assunto, o ex-diretor da JBS, que atualmente está preso sob suspeita de ter omitido fatos em sua delação, afirmou que Temer era interlocutor de demandas do setor portuário e que o procurou algumas vezes para tratar de questões relacionadas ao tema.

Procurado pelo jornal O Globo, Paulinho da Força afirmou que Saud frequentava muito sua casa e que pode ter comentado "em tom de brincadeira" que a fazenda pertenceria ao Temer.

— Eu tirei o pessoal da fazenda umas três ou quatro vezes — afirmou.

A assessoria de imprensa do presidente Michel Temer afirmou que ele não possui nenhuma fazenda.

A fazenda fica na cidade de Duartina (SP) e foi ocupada pelo MST ao menos duaz vezes: em maio de 2016, dias antes de Temer assumir interinamente a presidência, e em julho de 2017.

O coronel Lima foi apontado, na delação de executivos da J&F, como responsável por receber R$ 1 milhão de propina paga pela JBS para Temer.

Veja também: 




Aguirre Talento e Bela Megale
O Globo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...