segunda-feira, 19 de março de 2018

Juca Kfouri é condenado a pagar R$ 120 mil a Jair Bolsonaro


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou o comentarista esportivo (e um dos entrevistadores do livro de Lula) Juca Kfouri, em primeira instância, a pagar 120 mil reais ao deputado Jair Bolsonaro por ter dito no programa Linha de Passe, da ESPN, que dois torcedores do Fluminense, Bruno Vargas Costas e Antonio Neto, que ofenderam e intimidaram três torcedores do Internacional em um vagão de trem no Rio de Janeiro, “provavelmente são desses que saem por aí gritando o nome de Bolsonaro”.

Leia também: 

Na mesma ação de danos morais, Juca Kfouri, que também havia dito que viveu “situação semelhante, mas dentro do DOI-CODI, na frente de um torturador”, entrou com um pedido de reconvenção em razão da reação de Bolsonaro em um vídeo, no qual o deputado, vestindo a camisa do Fluminense ao lado de torcedores em seu gabinete, respondeu em tom de deboche:

“Para de falar besteira, Juca Kfouri! Tu foi torturado? Tá de brincadeira, né, Juca Kfouri? Tu tá merecendo levar, ó, um tabefe aí pra aprender a ser homem, tá ok, ô moleque?”

A Justiça decidiu que Bolsonaro terá de pagar 6 mil reais a Kfouri pela reação destemperada.

O saldo, portanto, é de 114 mil reais a favor do deputado. Cabe recurso de ambas as partes.

Veja também: 





O Antagonista
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...