segunda-feira, 30 de abril de 2018

Ideia legislativa que propõe criminalizar 'movimentos' como o MST consegue os apoios necessários para ser analisada no Senado


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Uma ideia legislativa no site do Senado propõe a criminalização de "movimentos sociais" como o MST e o MTST, que promovem a invasão de propriedades privadas com fins políticos. A proposta pode ser consultada neste link. Até a conclusão desta matéria, a proposta contava com quase 27 mil apoios, bem mais do que os 20 mil necessários para que a matéria seja discutida pelos senadores. 

Veja:


Conforme as regras do portal, qualquer cidadão pode apresentar ideias de novas leis. Aquelas que alcançam o apoio de pelo menos 20 mil internautas são encaminhadas à CDH para análise dos senadores.

Leia também: 
Petição pelo impeachment de Gilmar Mendes se aproxima de 2 milhões de assinaturas
Gleisi usou laranjas para dissimular propina, diz PGR em denúncia

Alguns internautas acreditam que as ideias legislativas não recebem a devida atenção dos senadores. Uma proposta que pedia o fim do desarmamento, por exemplo, que tinha 95% de aprovação e mais de 84 mil apoios, foi descartada pela Comissão com apenas alguns minutos de debate. 

Em outros casos, os senadores descartaram uma proposta que pedia a anistia do deputado Jair Bolsonaro, e uma proposta que pedia a cassação do deputado Jean Wyllys simplesmente desapareceu do site após atingir mais apoios que o número de votos que o deputado recebeu para se eleger. 

Veja também:





Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...