sábado, 7 de abril de 2018

Militante petista que agrediu jornalista paga R$ 1 mil de fiança e é solto para voltar às 'manifestações'


A sede da TV Cabo Branco foi depredada pelos militantes
Imagem: Reprodução / MaisPB
A Polícia Civil liberou, na madrugada deste sábado, o militante acusado de agredir o jornalista Oscar Neto, da rádio Band News, durante protesto contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em João Pessoa (PB), na sexta-feira. O homem, que não teve a identidade divulgada, pagou R$ 1 mil de fiança e vai responder em liberdade pelo crime de lesão corporal.

O jornalista foi agredido quando registrava o ataque dos militantes ao prédio da TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo, em João Pessoa. Algumas pessoas atiraram pedras nas janelas e derrubaram o portão de entrada de veículos da emissora. Oscar Neto foi cercado por quatro homens, que o agrediram, mas apenas um agressor foi identificado e detido. O jornalista passou por exame de corpo de delito. A emissora lamentou o ataque à liberdade de imprensa. 

Leia também: 
Advogados de Lula apresentam novo recurso ao STF


Veja também:




José Maria Tomazela

O Estado de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...