sábado, 21 de abril de 2018

Rosa Weber nega audiência ao advogado que propôs mais uma ação contra prisão em 2ª instância


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), não concedeu audiência a Celso Antonio Bandeira de Mello, 81, para falar sobre a ação em que ele questiona a constitucionalidade da prisão depois de condenação em 2ª instância.


Leia também: 
Jornalista Mona Dorf critica Gleisi por convocação ao 'mundo árabe' para defender Lula: 'Patético!'


A magistrada alegou problemas de agenda para recusar o pedido. Antes considerado voto certo favorável à tese de que uma pessoa só pode ser detida depois que seu processo transitar em julgado, a posição dela voltou a ser uma incógnita.

Já o ministro Gilmar Mendes, que foi alvo no passado de um pedido de impeachment formulado por Bandeira de Mello, respondeu em poucos minutos e concedeu a audiência.

Acompanhado por um grupo de advogados, o jurista conversou também com Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurelio Mello e Celso de Mello. 

No plenário da corte, se encontrou com Luiz Fux, que o cercou de gentilezas —embora seja contrário à tese.

Veja também:




Mônica Bergamo
Folha de S.Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...