quinta-feira, 19 de abril de 2018

STF mantém Maluf em casa e consagra a impunidade dos poderosos


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O deputado Paulo Maluf, preso apenas depois de décadas driblando a Justiça, recebeu do Supremo Tribunal Federal a "pena domiciliar humanitária" em razão da idade avançada e problemas de saúde. O Tribunal demonstrou que, no Brasil, quem tem os meios para atrasar julgamentos não precisa ter qualquer receio de punição. O relator do caso, ministro Edson Fachin, deferiu monocraticamente a "prisão domiciliar humanitária". 

Durante o debate, o Supremo aprovou ainda a possibilidade do recurso de embargos infringentes contra decisão de Turma, o que deve garantir o atraso de muitos outros processos.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...