sexta-feira, 11 de maio de 2018

Lúcio Vieira Lima é notificado pelo Diário Oficial após não ser encontrado


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O deputado Lúcio Vieira Lima (MDB-BA), irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, foi notificado nesta quinta-feira (10) pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados a apresentar sua defesa em processo por quebra de decoro parlamentar.

A notificação foi feita por meio de publicação no Diário Oficial, já que o Conselho de Ética não conseguiu notificar Lúcio em seu gabinete na Câmara ou no endereço oficial do deputado em Brasília.

Foram feitas cinco tentativas, sem sucesso. 

Leia também: 

Agora, Lúcio terá 10 dias úteis para apresentar sua defesa.

A representação ao Conselho de Ética foi feita pelos partidos PSOL e Rede, e pede a cassação do mandato do deputado.

O caso está ligado às suspeitas de lavagem de dinheiro relacionadas aos R$ 51 milhões em dinheiro encontrados pela Polícia Federal em caixas e malas em um apartamento na Bahia que havia sido emprestado ao deputado.

Lúcio e Geddel se tornaram réus no STF (Supremo Tribunal Federal) na última terça-feira (8), em processo que apura os mesmos fatos.

A defesa de Geddel e Lúcio diz que o dinheiro não é deles e que a denúncia da Procuradoria-Geral da República seria "insustentável".

A reportagem do UOL não conseguiu entrar em contato com o deputado por meio de ligação telefônica a seu gabinete.

Veja também:




Felipe Amorim
UOL
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...