segunda-feira, 25 de junho de 2018

Lula diz que não quer prisão domiciliar e acentua discurso contraditório


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A coluna Painel, da Folha de S. Paulo, afirma que Lula "disse que não queria a prisão domiciliar e que não concordava com o pedido". O pedido de prisão domiciliar foi feito pelo advogado Sepúlveda Pertence, que integra a defesa do ex-presidente. Embora tenha sido negado pelo advogado Cristiano Zanin, o pedido continua válido se não for formalmente retirado pela defesa. O processo foi retirado de pauta pelo ministro Edson Fachin. 


A atitude dos advogados se assemelha ao que ocorreu quando a prisão de Lula foi decretada, quando alguns emissários negociavam com a Polícia Federal a forma como o ex-presidente se entregaria, e, ao mesmo tempo, lideranças do partido afirmavam à militância que ele não se entregaria. Enquanto um dos advogados mantém a "narrativa" para a militância, o outro age para libertar o condenado. 

Leia também: 

Câmara apresenta Cunha como parlamentar de “merecida credibilidade”

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...