domingo, 8 de julho de 2018

'Advogadas e advogados pela democracia' pedem a prisão em flagrante do juiz Sérgio Moro


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Após a decisão do juiz Sérgio Moro de não acatar habeas corpus concedido ao ex-presidente Lula, um grupo de advogados - "Advogados e Advogadas pela Democracia" -  entrou com pedido de prisão contra o magistrado. Eles alegam que o juiz da Lava Jato cometeu “crime de desobediência” e “crime contra a administração da Justiça”.

“SERGIO FERNANDO MORO e ROBERVAL DREX que se recusa a cumprir o alvará de soltura expedido sob ordem desse Juizo Plantonista devem ser presos imediatamente em flagrante delito pelos crimes de desobediência (Art. 330 do CP) e crime contra a administração da justiça (Art . 359 do CP)”, escrevem os advogados.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...