terça-feira, 17 de julho de 2018

Ciro Gomes ameaça promotor que abriu inquérito contra ele: 'se eu for presidente essa mamata vai acabar'


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O presidenciável Ciro Gomes, que é investigado por injúria racial, fez ameaças ao Ministério Público. O MP abriu investigação após Ciro Gomes chamar de "capitão do mato" o vereador paulistano Fernando Holiday, em entrevista à Jovem Pan. 


Em sabatina organizada pela Abimaq (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos), Ciro Gomes disparou: “Um promotor aqui de São Paulo resolveu me processar por injúria racial. E pronto, um filho da puta desses faz isso, e pronto. Ele que cuide de gastar os restinhos das atribuições dele, porque se eu for presidente essa mamata vai acabar. Porque ninguém pode viver autonomamente. A lei é superior a todos nós. E isso é muito concreto. Então eu tenho minha biografia, tenho minha honradez, e porque viro candidato, o camarada resolve me processar por injúria racial. E se ele me causa um prejuízo político, eleitoral e imagético, quem me indeniza? Quando será essa indenização? Pode isso acontecer? Em que lugar do mundo isso pode acontecer impunemente? ".

Leia também: 
PSL, partido de Bolsonaro, indica recusa a aliança com PR e decide valorizar candidatos próprios à Câmara
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...