segunda-feira, 9 de julho de 2018

'Esta política econômica monetarista irresponsável quebrou o Brasil', alega Levy Fidelix


Imagem: Produção Ilustrativa / Correio do Poder
O presidenciável Levy Fidelix, do PRTB, participou de uma série de entrevistas promovidas pela RedeTV com os pré-candidatos à Presidência. 

Questionado  se desistiria de sua campanha para apoiar o deputado Jair Bolsonaro, Fidelix apontou as divergências com as propostas econômicas apresentadas até o momento pelo deputado: "O Bolsonaro tem pontos que convergem com o que eu penso e outros em que diverge totalmente. Por exemplo, se tratarmos de economia, divergimos totalmente. Bolsonaro está muito ligado ao Paulo Guedes, porém ele é monetarista, e eu apregoo outras coisas totalmente diferentes. Eu creio que o monetarismo levou o Brasil ao estado em que estamos hoje. 700 bilhões de reais que pagamos hoje aos bancos destroem a nação. Por isso eu sou contra os bancos. Prego uma política desenvolvimentista, que é contrária ao monetarismo da escola de Chicago. Temos hoje o Meirelles, que está aí há tanto tempo no poder, apenas trazendo lucros para os bancos. Temos 750 mil empresas que faliram nos últimos anos, 14 milhões no desemprego, e os bancos ganhando dinheiro como nunca. Isso tudo porque é concentrado num projeto errado, monetarista, só para banco. Indústria e comércio participam efetivamente do progresso nacional, geram emprego, geram renda, pagam impostos... Eu coloquei o ovo em pé, que é tratar de economia. Disso Bolsonaro pouco entende".

Leia também:

Veja também:




Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...