quinta-feira, 19 de julho de 2018

Juíza manda Geddel e Luiz Estêvão para ala de segurança máxima da Papuda


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ex-ministro Geddel Vieira Lima e o ex-senador Luiz Estêvão foram transferidos para o bloco de segurança máxima da Penitenciária da Papuda, em Brasília, após ambos serem flagrados com objetos proibidos em suas celas. Eles foram separados durante a apuração.


Em uma operação realizada no domingo, policiais civis encontraram chocolate, tesoura e cinco pendrives na cela de Estêvão. Não é a primeira vez que esses objetos são encontrados com ele. Em outra vistoria, quando José Dirceu ainda estava preso, encontraram com ele anotações para pedir a Luiz Estêvão autorização para visita de menor fora de horário. 

Leia também: 
EXCLUSIVO: Profissão Repórter, da Rede Globo, carimba como "mentira" informação veiculada pelo Jornal Nacional; veja vídeo e provas


Para a juíza Leila Cury, "Há indícios de que ele vem exercendo liderança negativa no ambiente em que atualmente está recolhido, pois, através de alguma das hipóteses acima elencadas (ou eventualmente de qualquer outra sequer imaginada) ele já foi flagrado, pelo menos duas vezes, na posse de objetos proibidos, tudo estando a indicar que, se não for imediatamente realocado em outro local, além de dificultar a efetiva apuração dos fatos, pode vir a conseguir novamente outros privilégios". 

Veja também:





Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...