sábado, 4 de agosto de 2018

Janaína Paschoal decide não ser vice de Bolsonaro


Imagem: Ag. Senado
A jurista Janaína Paschoal anunciou que já comunicou ao deputado Jair Bolsonaro sua decisão de não concorrer à vice-presidência. Janaína explica que, por questões familiares, não poderia aceitar o desafio. 


Leia abaixo o texto de Janaína Paschoal:

Conversei com o Dep. Bolsonaro e com o Pres. do PSL, Dr. Gustavo Bebiano, e cheguei à conclusão de que, neste momento, não tenho como concorrer à Vice-Presidência. Por questões familiares, por ora, eu não posso me mudar para Brasília. A minha família não me acompanharia.
Leia também: 


Eu tentei todas as composições possíveis. Peço desculpas ao Brasil e prometo, esteja onde estiver, com ou sem cargo, continuar lutando por um país livre. Acima de tudo, um país de mentes livres. Essa tem sido minha luta, desde que nasci. Acho até que nasci para isso!
Sou testemunha de que Bolsonaro não é machista. Ele me tratou de igual para igual, desde o primeiro momento. Sou testemunha de que ele não é autoritário, cedeu em muitos pontos. Todos puderam constatar a sua tolerância com os meus posicionamentos.
Agradeço ao próprio Bolsonaro, a Bebiano, a Bivar, a Major Olympio, a Leticia, Victor, aos filhos de Bolsonaro, por todo carinho e compreensão. Se esqueci alguém, peço que se sinta igualmente abraçado.
Eu acredito em Deus e sei que Ele move as peças do jogo da vida como devem ser movidas. Com todo amor que sempre devotei à Imprensa, aviso que não conversarei com ninguém. Vou me concentrar na ADPF 442. Esta ação é tão importante quanto às eleições para mim e para o país.

Veja também:





Política na Rede 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...