terça-feira, 2 de outubro de 2018

Bolsonaro cresce seis pontos entre as mulheres, diz Ibope


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O crescimento de quatro pontos percentuais nas intenções de voto registrados pelo candidato do PSL à Presidência , Jair Bolsonaro , foi impulsionado pelo aumento no apoio entre as mulheres . De quarta-feira até ontem, o capitão da reserva saiu de 18% no eleitorado feminino para 24%, uma elevação de seis pontos. O aumento maior no segmento feminino aconteceu entre as eleitoras de alta renda do Sudeste, segundo a diretora-executiva do Ibope , Márcia Cavallari, disse à GloboNews. O Ibope foi a campo entre sábado e domingo, quando houve manifestações nas ruas contra e a favor do candidato do PSL. 

Desde o início da série histórica, em 20 de agosto, Bolsonaro vinha tendo dificuldades para expandir seu apoio entre as mulheres, marcando no máximo 21%, no levantamento da segunda-feira da semana passada. Entre os homens, o candidato do PSL aumentou o domínio, saindo de 36% para 39%. Haddad manteve os patamares anteriores, apenas com oscilação dentro da margem de erro (21% no eleitorado masculino; 20% no feminino). 

Leia também: 

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro e Haddad (PT) estão numericamente empatados. Bolsonaro cresceu quatro pontos e chegou a 42% das intenções de voto, mesmo percentual de Haddad, que se manteve estagnado também nos 42%. Votos brancos e nulos, que eram 16% na pesquisa anterior, passaram para 14%. Os indecisos somam 3% em todos os cenários pesquisados pelo Ibope.

O candidato do PSL também melhorou seu desempenho contra outros três adversários e perderia apenas para Ciro Gomes (PDT). Ciro oscilou positivamente um ponto percentual, chegando a 45% das intenções de voto. Enquanto isso, Bolsonaro cresceu 4 pontos e chegou a 39%, reduzindo a vantagem do pedetista para seis pontos. Neste cenário, o percentual de votos brancos e nulos é o menor entre todas as comparações, caindo para 13%. 

 Contra Geraldo Alckmin (PSDB), o candidato do PSL cresceu três pontos percentuais, chegando a 39%. Alckmin oscilou positivamente dois pontos e ficou com 42%. Os dois estão empatados tecnicamente. A pesquisa registrou ainda 17% de votos brancos e nulos.

Bolsonaro também ampliou a vantagem sobre Marina Silva (Rede) acima da margem de erro pesquisada pelo Ibope. O capitão da reserva tem 43% das intenções de voto, crescendo 3 pontos. Já Marina manteve os 38% registrados no levantamento anterior. 

Veja também:

 



Igor Mello e Marco Grillo
O Globo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...