segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Bolsonaro ganha em cinco capitais nordestinas; PT perde espaço no tradicional reduto


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Em reduto do Partido dos Trabalhadores, o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) venceu em cinco das nove capitais nordestinas no primeiro turno da corrida. São elas: Maceió, João Pessoa, Recife, Natal e Aracaju. O petista Fernando Haddad, por sua vez, ganhou em três: Salvador, São Luís e Teresina. Como esperado, Fortaleza apoiou o pedetista Ciro Gomes.

Após a apuração de 96% das urnas eletrônicas, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que o segundo turno ao Planalto será feito por Bolsonaro e Haddad. Bolsonaro tinha 47,9 milhões de votos, ou 46,6% dos votos válidos, já o petista aparecia com 29,2 milhões de votos, ou 28,43% do total, às 20h50.

Bolsonaro ganhou em 18 capitais brasileiras, enquanto Haddad, sete, e Ciro Gomes, uma.

Leia também: 
Filhos de Cabral, Picciani, Cunha e Crivella não se elegem

Nordeste

Na região Nordeste, Bolsonaro ganhou em cinco capitais. Haddad, em três, e Ciro, uma.

Em Maceió, Bolsonaro teve 52,30% (226.221) dos votos, contra 19,69% (85.159) de Haddad. Na capital João Pessoa, o ex-militar ganhou 49,87% dos votos (204.456), contra 24,30% destinado ao PT (99.614).

Recife, no Pernambuco, também deu maioria a Bolsonaro, com 43,14% dos votos (383.895), contra 30,05% do PT (267.389). Em Natal, 44,42% do eleitorado votou em Bolsonaro (184.303), contra 23,57% de Ciro (97.802). Aracaju também destinou a maioria dos votos ao ex-militar: 39,90% (119.781) contra 28,42% de Haddad (85.326).

Em Salvador, 47,68 % (642.973) dos votos foram destinados ao petista, enquanto 27,85% (375.532) foram ao ex-militar. Haddad ganhou na capital São Luís, com 38,35% (210.676), contra 36,59% (200.990) do Bolsonaro. O PT também ganhou em Teresina, no Piauí — os eleitores da capital que destinaram seus votos ao Haddad foram 44,20% do eleitorado (194.132), contra 31,64% do Bolsonaro (138.953).

Ciro Gomes ganhou em apenas uma capital do Nordeste: Fortaleza, uma vez que era governador do Estado do Ceará. O candidato, estacionado em terceiro lugar na corrida presidencial, ganhou 40,13% (546.488), seguido de Bolsonaro com 34,38% (468.228).

Norte

A região Norte escolheu Bolsonaro nas capitais Rio Branco, Macapá, Manaus e Porto Velho. O PT, por sua vez, ganhou em Belém, Boa Vista e Palmas.

Rio Branco, no Acre, dedicou a Bolsonaro 69,43% dos votos (138.181), contra 10,69% destinado ao PT (21.270). Em Macapá, 44,47% (106.017) do eleitorado aprovou o plano de governo do ex-militar, contra 24,65% do PT (58.770). Bolsonaro ganhou também em Manaus, com 57,30% (620.178), contra 22,91% do PT (247.946). Porto Velho, capital da Rondônia, também elegeu Bolsonaro, com 57,78% dos votos (147.671), contra 20,49% do PT (52.354).

O PT ganhou em Belém, com 63,85% dos votos (2.123), contra 20,21% destinados a Bolsonaro (672). Boa Vista elegeu Haddad, com 38,16% do eleitorado (1.665), contra 29,20% do Ciro (1.274). Palmas também votou a favor do ex-ministro do Lula, com 42,66% (9.684), contra 40,85% do Bolsonaro (9.271).

Centro-Oeste

A região Centro-Oeste também elegeu Bolsonaro: duas capitais votaram no ex-militar, contra um município petista.

Goiânia votou 63,45% (462.411) a favor do candidato do PSL, contra 12,15% de Ciro (88.555). Cuiabá votou 59,33% em Bolsonaro (197.662), contra 21,17% do PT (70.534).

Campo Grande votou no petista Haddad em 72,59% do eleitorado (4.078), contra 12,18% do Bolsonaro (684).

Sudeste

Todas as capitais da região Sudeste votaram, majoritariamente, no ex-militar. Vitória destinou 53,22% (107.201) ao Bolsonaro, contra 17,81% do PT (35.800). Belo Horizonte votou 55,17% (787.298) no candidato do PSL, contra 17,39% do Ciro (248.144). A capital paulista, por sua vez, destinou 44,58% (2.831.582) contra 19,69% do PT (1.250.767). Cerca de 58,29% (1.929.080) do eleitorado carioca votou em Bolsonaro, contra 19,49% de Ciro Gomes (645.087).

Região Sul

Todas as capitais da região Sul do País votaram em Bolsonaro. 62,13% (648.996) do eleitorado em Curitiba votaram no ex-militar, contra 11,90% de Ciro (124.336). Porto Alegre elegeu Bolsonaro com 45,43% (362.805), contra 20,12% destinado ao PT (160.710). Florianópolis, em Santa Catarina, votou 53,37% no candidato do PSL (144.293), contra 16,24% destinados ao Ciro (43.895).

Veja também:






Plínio Aguiar
R7
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...