quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Candidato a deputado estadual, ex-PM é baleado na barriga ao chegar em casa em Boa Vista


Imagem: Reprodução / Facebook
O ex-soldado da Polícia Militar de Roraima e candidato a deputado estadual Deyvid Duarte (PMB) foi baleado em uma tentativa de homicídio na noite dessa terça-feira (3). O crime ocorreu quando ele chegava em casa, no bairro São Francisco, zona Leste de Boa Vista.

De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 21h. O candidato foi encontrado pelos policiais caído no chão logo após ser baleado na região da barriga. Ao ser socorrido, ele foi levado na própria viatura da PM ao Pronto Socorro do Hospital Geral de Roraima (HGR).

Leia também: 

No início do ano, Deyvid Duarte gravou um áudio afirmando não ter condições de trabalhar por estar com salário atrasado. Em razão do vazamento da gravação, ele chegou a ser levado à Corregedoria da PM.

Em nota enviada ao G1, a PM de Roraima informou que Deyvid da Conceição Duarte foi exonerado da corporação por ter saído candidato a deputado estadual, no atual pleito, antes de completar 10 anos de serviço, conforme prevê a lei.

"A publicação deve sair em Diário Oficial nos próximos dias", informou o governo em nota.

Deyvid disse aos policiais que estava chegando de uma reunião política no município de Amajari, região Norte de Roraima, e estava acompanhado de quatro amigos.

Os disparos ocorreram logo após ele passar pelo portão da residência. O suspeito estava dentro do quintal escondido atrás de uma árvore. Dois disparos foram feitos contra ele, mas só um atingiu o candidato. Além da pessoa que atirou, outro suspeito também foi visto no local.

Ainda conforme o relato da PM, Deyvid revidou contra os criminosos, disparando com a própria arma de fogo. O ex-PM não soube informar se algum diparo atingiu a dupla. Os suspeitos fugiram pelos fundos da casa.

De acordo com a coordenação da campanha do candidato, Deyvid foi atingido de raspão e a munição não ficou alojada. O ex-PM passou por um procedimento cirúrgico ainda na noite de terça, está com quadro clínico estável, mas permanece internado no HGR em observação.

"Ele passou por uma cirurgia rápida e está bem. Não foi grave", informou uma das coordenadoras de campanha.

Peritos da Polícia Civil estiveram no imóvel e recolheram três capsulas de munição calibre 380 e um prójetil. O material e a arma usada pelo ex-PM foram levadas à Central de Flagrantes no 5º Distrito Policial.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil de Roraima. "As Polícias Militar e Civil estão realizando um levantado do incidente e aguardam a perícia para a conclusão das investigações do caso", concluiu o governo em nota.

Veja também:

 



G1
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...