terça-feira, 2 de outubro de 2018

Jovens tucanos desistem de Alckmin e militam por Bolsonaro presidente


Imagem: Fátima Meira / Futura Press
Um grupo de jovens tucanos desistiu de esperar pelo crescimento de Geraldo Alckmin (PSDB) na corrida presidencial e criou o grupo Tucanos com Bolsonaro. 


Filiado ao partido, o publicitário Felipe Moreira, 24, é um dos fundadores do grupo, que vem sendo bastante atacado por tucanos que não abandonaram o barco de Alckmin. 

Leia também: 
Haddad diz que buscará todas as formas jurídicas de libertar Lula

"Geraldo Alckmin tem propostas muito boas, seu plano de governo é bom, mas, na forma que está fazendo a sua campanha, perdeu o nosso apoio", diz. " A estratégia da campanha estava fortalecendo o PT. Não concordamos com a forma que foi feita, atacando o Jair, distorcendo os ocorridos que envolvem o candidato e com fake news".

O grupo de WhatsApp dos membros já tem quase 90 pessoas. Os integrantes do grupo se definem como militantes filiados ao PSDB, que não ficam "em cima do muro, nosso lado é o lado do Brasil, do patriotismo e da direita".""Somos a resistência tucana contra o Socialismo Fabiano e nessas eleições vamos de Bolsonaro 17 ! #ELESIM"

Assunto recorrente nas conversas mantidas pelos militantes é o enfraquecimento do PSDB no cenário nacional. "O que enfraqueceu muito o PSDB foi o Aécio [Neves] envolvido em um monte de tramoia", diz um dos integrantes. "Um partido que não vai ganhar a presidência e corre o risco de perder o governo do Estado. Até porque o Doria não está com essa bola toda!", completa outro. 

Felipe Moreira afirma que tem sofrido pressão "de cima", referindo-se à máquina partidária. "Só que não voltamos atrás em nossa decisão. Lutamos contra o PT nesses 4 anos e não vai ser agora que ficaremos calados", afirma. 

Presidente da juventude do PSDB da cidade de São Paulo, Ramirez Lopes, 23, diz que denunciará o grupo ao conselho de ética do partido. "Lamentável, é um grupo muito pequeno. Faremos representação no conselho de ética a todos os que não apoiarem o Geraldo", diz Lopez. 

Ele, que já andou discutindo com Moreira nas redes sociais por causa do assunto, define a iniciativa como "um absurdo". "Tucano vota Geraldo Alckmin, ainda há tempo de revertermos esta situação e irmos pro segundo turno e a maioria do partido está unida nessa luta", afirma. "Aliás, esse pessoal aí devia fazer um favor e pedir desfiliação. Bolsonaro é o contrário de tudo que o PSDB sempre defendeu, é um retrocesso pro nosso país".

Veja também:

 



Artur Rodrigues
Folha de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...