segunda-feira, 31 de julho de 2017

Propina é ‘prática corriqueira’ de Bendine, diz Moro

Imagem: Geraldo Bubniak / AGB
Ao mandar prender em regime preventivo o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobrás Aldemir Bendine, nesta segunda-feira, 31, o juiz federal Sérgio Moro afirmou que pedir propina é ‘uma prática corriqueira’ para o executivo.

EUA congelam os bens do ditador Nicolás Maduro

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O governo dos EUA anunciou nesta segunda-feira (31) o congelamento de todos os bens do ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, que estejam em jurisdição americana.

Ação misteriosa no STF espalha pânico em Brasília

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Segundo o jornal Migalhas, uma "misteriosa ação cautelar protocolada pela PGR anteontem tem tirado o sono dos que têm prerrogativa de foro no STF. Tudo sigiloso". Trata-se de uma ação cautelar, distribuída ao ministro Edson Fachin por ter relação com algum outro processo que é relatado por ele. Fachin é o relator dos processos da Lava Jato que envolvem pessoas com foro privilegiado.  Como o STF ainda está em recesso, o processo foi enviado à presidente Carmen Lucia, para que decida sobre o pedido. Todos os dados da ação permanecem sob sigilo. 

Temer autorizou a JBS a entregar R$ 3 milhões a Eduardo Cunha, diz delator

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
No começo da campanha eleitoral de 2014, o então vice-presidente, Michel Temer, candidato à reeleição com Dilma Rousseff, autorizou a JBS a entregar R$ 3 milhões em dinheiro sujo ao então deputado Eduardo Cunha, do PMDB, um de seus principais aliados na Câmara. O pagamento foi combinado por Temer com Ricardo Saud, lobista do grupo, em um encontro no escritório do vice na Praça Pan-Americana, em São Paulo. A JBS descontou os R$ 3 milhões de Cunha do crédito de R$ 15 milhões a que Temer tinha direito junto à empresa. Esses R$ 15 milhões, por sua vez, haviam sido autorizados pelo PT – e foram debitados da conta de propina da JBS no BNDES.

Moro acata pedido e decreta prisão preventiva de Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O juiz Sérgio Moro acatou o pedido do Ministério Público e decretou a prisão preventiva de Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil. Bendine foi preso na semana passada em uma operação da Lava Jato, antes de embarcar em uma viagem para a Europa. A defesa argumentou que ele tinha passagem de volta, mas o MP afirmou que havia muitos outros motivos para mantê-lo preso.

Deltan Dallagnol dá resposta contundente ao ser questionado sobre o que motiva equipe da Lava Jato a trabalhar

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
Questionado sobre o que motiva a equipe da Lava Jato, o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, deu uma resposta contundente sobre a corrupção e seu peso no subdesenvolvimento do País. 

Levy Fidelix retruca xingamento de Trajano e assume ser de direita: 'Excrescência é defender vagabundo, é ser capacho de ladrão!'

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
O ex-candidato à Presidência da República e presidente do PRTB, Levy Fidelix, reagiu com indignação a uma ofensa gratuita proferida por José Trajano, contumaz defensor de Lula, de Dilma, do MST e do PT. Ao comentar a realização do evento "A Direita e o Conservadorismo no Brasil", que teve o ex-presidenciável como um dos organizadores, o jornalista qualificou Fidelix como uma "excrescência".

Janot volta a pedir ao STF prisão do senador Aécio Neves

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, voltou a pedir a prisão do senador Aécio Neves, presidente licenciado do PSDB, no caso em que ele é acusado de pedir e receber R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista. Janot também pediu para afastamento de Aécio do mandato de senador. Pedidos anteriores de afastamento e prisão foram rejeitados em decisão monocrática do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF). Caberá agora à Primeira Turma decidir sobre o assunto.

Lava Jato pede a Moro que prisão de Bendine seja convertida de temporária em preventiva

Imagem: Reprodução / TV Globo
A Força-Tarefa da Lava Jato pediu, nesta segunda-feira (31), ao juiz Sergio Moro a conversão da prisão do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine de temporária para preventiva. O pedido se estende também aos irmãos André Gustavo Vieira da Silva e Antônio Carlos Vieira da Silva. O trio está preso desde a quinta-feira (27), alvo da Operação Cobra, a 42ª fase da Lava Jato. Bendine é acusado de receber propina da Odebrecht. A prisão temporária vence hoje.

Procuradores recorrem e pedem pena máxima para Lula

Imagem: Ueslei Marcelino / Reuters
O Ministério Público Federal recorreu, nesta segunda-feira, da sentença do juiz federal Sergio Moro que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. O processo envolve o tríplex no Guarujá, construído e reformado pela OAS por 2,2 milhões de reais, e o custeio, também pela empreiteira, do armazenamento do acervo presidencial de Lula em uma empresa de transporte de valores em São Paulo.

Deputado Wladimir Costa tatua nome de Temer no ombro

Imagem: Wladimir Costa / Divulgação
Conhecido pelas polêmicas que lançou durante a votação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a respeito da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), o deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) decidiu marcar para sempre o apoio a Temer. O parlamentar fez uma tatuagem no ombro direito com o nome do presidente, a qual afirma ser permanente. "Paraense não é de se arrepender não", disse Costa. A tatuagem, finalizada na última sexta-feira, 28, custou R$1200 em seis vezes no cartão, diz o parlamentar.

Desembargadora tirou o filho pessoalmente da cadeia, à revelia do juiz

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Breno Borges foi preso em abril ao ser flagrado levando quase 130kg de maconha e muita munição, grande parte de fuzil, no Mato Grosso do Sul. Em documento ao Ministério Público, o juiz de execuções penais, Rodrigo Pedrini, diz que o segundo habeas corpus não revoga o outro mandado de prisão. Afirma também que a desembargadora insistiu na libertação do filho e que, "após alguns telefonemas, e à revelia do juiz" conseguiu que Breno fosse liberado. 

O apoio ao golpe de Nicolás Maduro é a página mais vergonhosa da história do PT, diz cientista político

Imagem: Fotos Públicas
Em  artigo publicado no jornal El País, o doutorando em ciência política Andrei Roman mostra que, mesmo para os intelectuais de esquerda, o apoio do PT à ditadura de Nicolás Maduro é inaceitável. O artigo mostra ainda que o apoio a Maduro revela a incoerência do atual discurso petista.

Sistema não reconhece Maduro na hora de votar em Constituinte na Venezuela; assista

Imagem:  Reprodução/Twitter
O carnê criado pelo governo venezuelano para registrar os beneficiários de seus programas sociais - e que seria usado para monitorar o voto na Assembleia - não funcionou, deixando o presidente Nicolás Maduro em uma saia justíssima neste domingo (30).


Bolsonaro escolhe partido pelo qual vai se candidatar à Presidência em 2018

Imagem: Reprodução / Blog Esplanada
Após fazer mistério e conversar com dirigentes de diferentes partidos para se decidir, o deputado federal Jair Bolsonaro, hoje no PSC, vai se filiar ao PEN - Partido Ecológico da Nação, presidido por um ex-boia-fria, Adilson Barroso.

Brasil não vai reconhecer o resultado da votação na Venezuela, diz Itamaraty

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O governo brasileiro não vai reconhecer o resultado da votação para a Assembleia Constituinte na Venezuela. A informação foi confirmada ao UOL pelo Itamaraty neste domingo (30), horas antes do fechamento das urnas no país vizinho.


Argentina aguarda há 1 mês e meio aval do governo brasileiro para investigação conjunta sobre a Odebrecht

Um acordo prevê atuação conjunta para crimes relacionados à Odebrecht
Imagem: REMPM
Com dificuldades internas para apurar o pagamento de propina pela Odebrecht, a Argentina aguarda há mais de um mês o aval do Brasil para montar uma equipe conjunta que investigará os fatos narrados pelos delatores da construtora.


Congresso ignora delações do Grupo J&F e Odebrecht

Imagem: Dida Sampaio / Estadão
Nas delações da Odebrecht e do Grupo J&F mais de 200 parlamentares foram citados, mas até agora nenhum processo foi aberto nos Conselhos de Ética da Câmara e do Senado. Partidos de oposição chegaram a protocolar duas representações com base na colaboração premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Os processos, porém, foram arquivados antes de serem analisados.

Proposta da reforma política ocultaria 86% das doações de pessoas físicas

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Prestes a ser votado na Câmara, o relatório do deputado Vicente Cândido (PT-SP) sobre a reforma política traz em seu texto um tema polêmico: pessoas físicas que contribuíssem com até três salários mínimos para campanhas eleitorais teriam o sigilo garantido, exceto à Justiça Eleitoral. A ação que, segundo o relator, serve para preservar os doadores – que hoje têm os nomes divulgados – teria escondido 86% das contribuições de pessoas físicas feitas nas eleições de 2016, as primeiras que proibiram o financiamento empresarial.

domingo, 30 de julho de 2017

Comandante do Exército se manifesta e expõe como crê que o Brasil sairá da crise em que mergulhou

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, afirma que a saída para a crise do país "está nas mãos dos cidadãos brasileiros", que poderão, "nas eleições de 2018, sinalizar o rumo a ser seguido".

Políticos não têm interesse em combater a corrupção, diz Moro

Imagem: Eduardo Knapp / Folhapress
O juiz Sérgio Moro concedeu uma entrevista a jornalistas de diversos países, na qual criticou a inércia dos políticos em relação ao combate à corrupção. Perguntado sobre as ameaças à operação Lava Jato, Moro respondeu: "Lamentavelmente, eu vejo uma ausência de um discurso mais vigoroso por parte das autoridades políticas brasileiras em relação ao problema da corrupção. Fica a impressão de que essa é uma tarefa única e exclusivamente de policiais, procuradores e juízes. No Brasil, estamos mais preocupados em não retroceder, em evitar medidas legislativas que obstruam as apurações das responsabilidades, do que propriamente em proposições legislativas que diminuam a oportunidade de corrupção. Vejo no mundo político uma grande inércia".


Vídeo em que Lula diz que nenhum brasileiro tem autoridade para chamá-lo de ladrão viraliza na web; assista

Imagem: Reprodução
Uma montagem satírica com um vídeo do ex-presidente Lula dizendo que nenhum brasileiro tem autoridade para chamá-lo de ladrão está fazendo sucesso na internet. 

Ministro investigado é relator de processos de empreiteiras no TCU

Imagem: Ed Ferreira / Estadão
Investigado na Lava Jato por integrar um suposto esquema de cobrança de propina de um pool de empreiteiras, entre elas a UTC Engenharia e a Queiroz Galvão, o ministro Vital do Rêgo relata no Tribunal de Contas da União (TCU) recursos apresentados pelas duas empresas.

Maduro recebeu US$ 35 milhões de caixa dois da Odebrecht

Imagem: Ariana Cubillos / AP
Nicolás Maduro, que hoje tentará passar goela abaixo da Venezuela uma proposta de Assembleia Constituinte, recebeu US$ 35 milhões de doação da Odebrecht no caixa dois.

'Lula mergulhou na lama da corrupção', diz Luciana Genro

Imagem: Danilo Verpa / Folhapress
Última candidata do PSOL ao Planalto, a ex-deputada Luciana Genro acusa Lula e o PT de fingirem interesse na queda de Michel Temer. Ela afirma que o ex-presidente e seu partido preferem prolongar o desgaste do presidente até as eleições de 2018.

"O PT não tem interesse em derrubar Temer agora. Eles querem deixar o governo sangrar e fazer os ajustes para quem assumir depois", diz.

sábado, 29 de julho de 2017

Odebrecht usava fotos de políticos com mulheres para chantageá-los

O presidente dominicano Danilo Medina (esquerda).
Imagem: EFE
A Justiça espanhola acaba de negar a extradição de Rodrigo Tacla Durán pedida pelas autoridades brasileiras. O advogado, que até 2016 atuava na Odebrecht, tem nacionalidade espanhola desde 1994 (seu pai e avô eram galegos) e, por isso, conseguiu até o momento seguir em Madri em liberdade provisória. Em sua primeira entrevista, ele afirmou que a empresa arcou com os gastos de festas de que tomaram parte dirigentes da República Dominicana. "A Odebrecht organizava festas. E enviava mulheres do Brasil a celebrações com políticos no Panamá e República Dominicana. Era a forma de a construtora expressar seu agradecimento. Apesar de que depois isso também se transformava em uma chantagem...", explica o advogado em uma entrevista exclusiva ao jornal EL PAÍS.

Gleisi Hoffmann recruta Gilberto Carvalho para ajudá-la no PT

Imagem: ABr
Presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR) tirou o ex-ministro Gilberto Carvalho do Senado, onde estava como assessor parlamentar da liderança, para ajudá-la no comando do partido. É que Carvalho conhece a máquina partidária e os caminhos do diálogo entre as diversas correntes. Algumas delas não querem conversa com Gleisi.

Provas reunidas pela JBS-Friboi somam R$ 1,1 bilhão em propinas

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A um mês do prazo estipulado para entregar à Procuradoria-Geral da República (PGR) evidências comprobatórias das delações feitas pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS, um conjunto de documentos incluindo planilhas, comprovantes bancários, notas fiscais frias, contratos fraudulentos e contas secretas no exterior mostram que a empresa destinou R$ 1,1 bilhão em propinas a políticos ou empresas indicadas por políticos entre 2006 e 2017. Desse volume, segundo reportagem da revista "Época", que teve acesso exclusivo ao conjunto de papéis, R$ 301 mil ocorreram em dinheiro vivo e R$ 395 mil por meio de empresas indicadas por políticos, além de R$ 427,4 milhões em doações oficiais.

Número de apoios à cassação de Jean Wyllys já se aproxima do número de votos que ele recebeu

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Uma campanha realizada por internautas pede a cassação do deputado Jean Wyllys após o deputado ofender o juiz Sérgio Moro. A campanha é feita através do site do Senado, que permite que cidadãos proponham ideias aos legisladores. O número de apoios ao pedido de cassação já ultrapassou a votação do deputado nas últimas eleições. Em 2014, Jean Wyllys recebeu 144.770 votos, equivalentes a 1,89% do eleitorado, e foi eleito graças ao quociente partidário. Até a conclusão desta matéria, a campanha tinha 141.021 apoios.  A página para opinar pode ser acessada neste link

Maia diz que é possível ter quórum para votar denúncia contra Temer mesmo sem a oposição

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou em entrevista à GloboNews que é possível ter quórum para iniciar a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer mesmo sem a presença de deputados da oposição.

'Eu não menti. Era evidente que Lula e Dilma sabiam de tudo', lembra o doleiro Alberto Youssef

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Quando o doleiro Alberto Yous­sef foi preso, na manhã de 17 de março de 2014, nem o mais perspicaz dos investigadores da Operação Lava-Jato tinha ideia do tamanho do peixe que fora fisgado. No escritório de Youssef em São Paulo, a Polícia Federal apreendeu uma infinidade de documentos. Mensagens de celular mostravam o doleiro como interlocutor frequente de políticos importantes. Planilhas e contratos listavam personagens de alto quilate do empresariado nacional. No meio de tudo, uma nota fiscal de aparência irrelevante — apenas na aparência. Juntas, as evidências sugeriam que ainda havia muito mais a ser descoberto na investigação que tinha como alvo uma obscura casa de câmbio que funcionava em um posto de gasolina em Brasília. Quase por acaso, os agentes esbarraram em algo que envolvia de golpistas contumazes a grandes empreiteiras, de altos funcionários públicos a autoridades de grosso calibre. Mas qual seria o elo entre eles? Depois de seis meses preso e diante da perspectiva de uma condenação que poderia chegar a algumas décadas, Youssef decidiu assinar um acordo de delação premiada. Em troca da redução de pena, contou às autoridades o que sabia — e sabia muito. Sabia, principalmente, os fios que uniam os personagens aparentemente tão distintos: um gigantesco esquema de corrupção.

Lula é campeão de rejeição com 55,8%

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Na eleição ao governo de São Paulo, em 1998, Paulo Maluf era a personificação do oponente ideal. Dono de uma insuperável rejeição entre os paulistas, Maluf batia todos os adversários no primeiro turno, mas – era sabido de antemão – o candidato seria presa fácil na segunda etapa do pleito. Quem conseguisse superar a barreira do primeiro turno e conquistasse o direito de enfrentá-lo no segundo, saborearia os louros da vitória. Não deu outra. Mário Covas, do PSDB, foi eleito governador na disputa derradeira contra Maluf com 9,8 milhões de votos – 55% a 44%. O ex-presidente Lula caminha para ser o Maluf de 2018. Levantamento do instituto Paraná Pesquisas feito com exclusividade para a revista IstoÉ revela que o petista é rejeitado por 55,8% da população. Por isso, Lula tem tudo para personificar o adversário dos sonhos num segundo turno. Ou seja, aquele moldado para perder, a despeito de ser o único praticamente assegurado numa segunda fase da eleição – claro, se conseguir escapar da condenação e homologar sua candidatura.

Motoristas aplaudem o Exército nas ruas do Rio de Janeiro

Imagem: Fernando Frazão / ABr
Cansados pela escalada da violência no Rio de Janeiro, a população viu o reforço da Força Nacional como um alento ao temor diário. Nessa sexta-feira, muitos motoristas que passaram pela Ponte Rio-Niterói e pelo Arco Metropolitano da cidade acenavam com gestos de apoio ao policiamento feito pelos militares do Exército.

Universidade criada por Lula quer lhe dar título de doutor

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Sete dias depois de o ex-presidente Lula ter sido condenado pelo juiz Sérgio Moro pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, cinco representantes do conselho universitário da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) propuseram que seja concedido ao petista o título de Doutor Honoris Causa. A honraria “é um reconhecimento a personalidades que se destacam nas ciências, artes ou nas relações com a sociedade”. Até hoje, a UFRB só concedeu o título à sambista Dona Dalva e ao engenheiro Paulo Jacomine.

AO VIVO: Evento reunindo dezenas de personalidades da direita brasileira para 'derrubar PT e aliados' se inicia em São Paulo; acompanhe

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede

O evento "A Direita e o Conservadorismo no Brasil", que contará com a presença de Olavo de Carvalho (por videoconferência, às 18:00), General Paulo Chagas, Luiz Philippe de Orléans e Bragança, Bia Kicis, Joice Hasselmann, Ana Paula do vôlei, Nabhan Garcia, Amílcar Brunazzi e Miguel Nagib, entre outros, acaba de se iniciar em São Paulo. Acompanhe ao vivo:

Amigos apostam que Bendine fará delação

Imagem: Givaldo Barbosa / Agência O Globo
Colegas do ex-presidente do BB e da Petrobrás Aldemir Bendine, preso pela Lava Jato, dizem não ter dúvidas de que ele deve partir para a delação premiada caso sua prisão temporária se converta em provisória, quando não há prazo para a soltura. Bendine é descrito como depressivo e fumante inveterado, vício que será obrigado a abandonar na carceragem da PF. Há dúvidas se ele terá provas para revelações que vier a fazer. Mas há uma certeza: se ele falar, seu alvo será o ex-ministro Guido Mantega, de quem era muito próximo.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Moro recebe pedido da defesa de Lula e confirma depoimento presencial em Curitiba, em setembro

Imagem: Reprodução
juiz Sérgio Moro decidiu nesta sexta-feira (28) que o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em um dos processos a que ainda responde, será presencial. A oitiva está marcada para o dia 13 de setembro e deverá ocorrer em Curitiba.

STF define que furto de celular de até R$ 500 não é crime

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceram furtos de celulares de valor máximo de R$ 500 e que não apresentarem ameaças ou violência à vítima podem ser enquadrados no princípio de insignificância.

Ex-advogado da Odebrecht relata corrupção desenfreada em toda a América Latina

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Rodrigo Tacla se transformou em uma bomba-relógio. Em um dos homens mais temidos pelos presidentes e altos funcionários da América Latina. Aos 44 anos, este advogado conhece bem os segredos da Odebrecht, a gigante brasileira da construção que abalou as estruturas políticas do continente depois de confirmar o pagamento de subornos milionários a Governos de 12 países. Até 2016, Tacla trabalhou como advogado do Departamento de Operações Estruturadas da empresa, a hermética unidade de negócios especializada em comprar vontades. Campanhas eleitorais, presentes, festas, prostitutas... Tudo valia para afagar os políticos. Como contrapartida, presidentes e chefes de Estado correspondiam com contratos de obras públicas, principal fonte de receita da maior construtora da América Latina. Um colosso com 168.000 empregados e tentáculos em 28 países.

PT associa-se a uma fracassada 'gangstercracia', diz colunista

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O colunista Clóvis Rocha, da Folha de S. Paulo, aponta o erro que o PT comete ao associar-se à ditadura venezuelana. Rocha faz um levantamento de opiniões de esquerdistas para mostrar que o mundo já reconhece o fracasso de Maduro, mas o PT insiste em defendê-lo:  "Associar-se ao fracasso já é suficientemente grave para qualquer partido que queira ser governo, mas torna-se uma perfeita idiotia quando se conhece o caráter do governo que se está apoiando".

STF pode barrar reajuste a procuradores

Imagem: André Dusek / Estadão
Diante de um quadro fiscal marcado por dificuldades, a equipe da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, está fechando uma proposta orçamentária que não deve incluir aumento para os ministros da Corte. Atualmente o salário dos ministros é de R$ 33,7 mil, o teto do funcionalismo público. 

Réu da Lava Jato acusa PT e Haddad de calote de R$ 2,6 milhões

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Réu na Operação Lava Jato, Giovane Favieri acusa o diretório municipal do PT e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad de terem dado um calote de R$ 2,66 milhões em sua empresa.

Medida Provisória da demissão voluntária para servidores federais é publicada

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (27/7) traz publicada a Medida Provisória 792/2017, que institui Programa de Desligamento Voluntário (PDV) no âmbito do Poder Executivo federal. O texto foi assinado ontem pelo presidente Michel Temer. 

Odebrecht 'contratou' sobrinho de Lula para 'agradar' ao ex-presidente, dizem delatores

Imagem: Gabriela Biló / Estadão
Delatores da Odebrecht relataram à Procuradoria-Geral da República que a contratação e os pagamentos feitos em Angola ao empresário Taiguara Rodrigues, sobrinho da primeira mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foram para “agradar” ao petista. O Estado teve acesso aos depoimentos e aos anexos de três executivos, ainda mantidos em sigilo, que citam a participação do ex-presidente no caso investigado na Operação Janus.

'Eu não tenho que explicar nada; não depositei na Suíça', diz Lula

Imagem: Agência O Globo
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) negou na manhã desta sexta-feira, 28, que tenha que dar explicações sobre os R$ 9 milhões de uma conta no BrasilPrev, do Banco do Brasil, montante bloqueado por Moro. "Eu não tenho que explicar nada", disse. "Tenho 76 palestras feitas no exterior. O dinheiro entrou pelo Banco Central, está depositado no Banco do Brasil. Não tem conta na Suíça, a certeza da minha honestidade é que eu não depositei na Suíça", disse à rádio Som Maior, de Criciúma, Santa Catarina. O ex-presidente afirmou, ainda, que o juiz é quem "tem que explicar porque bloqueou um dinheiro que está na previdência privada".

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Alexandre Frota humilha Gleisi Hoffmann: 'Medíocre, propineira, quadrilheira, safada!'; veja vídeo

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
O ator e ativista Alexandre Frota gravou um vídeo para atacar a presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann. Segundo Frota, nem Gleisi nem o partido merecem o respeito dos brasileiros, e o povo já percebeu isso, como se viu nas últimas eleições municipais. 


'Como os amigos estão rareando, o PT decidiu pagar a conta dos jatinhos de Lula. Quem vai pagar será você, contribuinte', aponta Roberto Jefferson

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
O presidente do PTB, Roberto Jefferson, criticou a decisão do PT de pagar pelas viagens de Lula em jatinhos, e lembrou que o fundo partidário é dinheiro público, portanto a conta é paga pelos contribuintes: "Como os amigos estão rareando, o PT decidiu pagar pelos jatinhos usados por Lula. Agora, quem vai pagar a conta vai ser você, contribuinte. Como Lula detesta aeroportos e pegar aviões de carreira, o PT vai pagar pelo uso do Senzala Air e espetar a conta no lombo do contribuinte".

Falta de dinheiro deve afetar operações da PF, diz ministro

Imagem: Ueslei Marcelino / Reuters
O Ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou que a Polícia Federal não terá dinheiro suficiente neste ano para realizar todas as operações e precisará selecionar as mais importantes.

Eduardo Bolsonaro propõe criminalização do comunismo no Brasil: 'Mataram mais de 100 milhões de pessoas e implantaram censura à imprensa e a religiões'

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
Um projeto de lei do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) pretende criminalizar a apologia ao comunismo. A proposta tem o objetivo de alterar a Lei Antirracismo (7.716/89) ao incluir os crimes previstos o de "fomento ao embate de classes sociais". A pena prevista na lei vigente é de um a três anos de prisão e multa.

Bendine recolheu Imposto de Renda sobre a propina

Imagem: Sergio Moraes / Reuters
O ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobrás Aldemir Bendine, preso nesta quinta-feira, 27, recolheu imposto de renda sobre a propina de R$ 3 milhões que recebeu da empreiteira Odebrecht para tentar despistar a Lava Jato. A estratégia, segundo os investigadores, era dar um caráter formal a uma suposta ‘consultoria’ prestada por ele e pelo publicitário André Gustavo Vieira, apontado como seu operador financeiro.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...