segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Entidade comandada por Jacob Barata já patrocinou Gilmar Mendes

Imagem: Carlos Moura / STF
Os procuradores do Ministério Público encontraram mais um motivo para acreditar que Gilmar Mendes têm relações estreitas com Jacob Barata Filho.

Juízes e procuradores farão ato de desagravo ao juiz Marcelo Bretas por declarações de Gilmar Mendes

Imagem: André Coelho / Ag. O Globo
Haverá um ato de desagravo na quinta-feira no Rio de Janeiro, promovido por associações de juízes federais, Justiça Federal e MPF, ao juiz Marcelo Bretas em decorrência das declarações recentes de Gilmar Mendes. Bretas estará presente ao ato.

Janot pede suspeição do ministro Gilmar Mendes por libertar pai da afilhada

Imagem: Reprodução / Veja
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou nesta segunda-feira (21) à ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), a suspeição do ministro Gilmar Mendes dos casos envolvendo os empresários do setor de transportes Jacob Barata Filho e Lélis Marcos Teixeira.


Corregedoria conclui que palestras de Deltan Dallagnol foram perfeitamente lícitas

Imagem: Lucas Tavares / Ag. O Globo
A Corregedoria Nacional do Ministério Público Federal (CCNMP) determinou o arquivamento de um procedimento disciplinar contra o procurador da Repúbica Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato, em Curitiba. Dallagnol era investigado por conta da "comercialização de palestras". O procurador do Trabalho, Cesar Kluge, relator do caso, não identificou ilegalidades na conduta do procurador da Lava-Jato e pediu o arquivamento por considerar inexistente a violação de dever funcional no caso. O então corregedor nacional do MP, Claudio Portela, acolheu o relatório na íntegra.

Janot denuncia Romero Jucá na Zelotes

Imagem: André Dusek / Estadão
A Procuradoria-Geral da República (PGR) ofereceu denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), nas investigações da Operação Zelotes. O inquérito é relatado pelo ministro Ricardo Lewandowski na Corte e tramita em sigilo.

Moro condena Duque e impõe multa de R$ 115 milhões

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Já condenado a 40 anos de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque recebeu nova sentença nesta segunda (21).

Bolsonaro é o político mais presente na internet, segundo várias pesquisas

Imagem: Reprodução
A campanha presidencial de 2018 só não começou aos olhos da burocrática Justiça eleitoral brasileira. Os principais candidatos estão na estrada faz tempo, percorrendo o país em caravanas, usando verba de gabinete para cabalar voto, aproveitando horário de trabalho para receber homenagens nos estados onde aparecem pior nas pesquisas. E publicando milhares de vídeos e mensagens em mídias sociais. Quem está ganhando?

Suspeito que Gilmar libertou guardava R$ 2,4 milhões em espécie em casa

Imagem: Reprodução / Rio Ônibus
Octacílio de Almeida Monteiro, um dos quatro suspeitos de pagamento de propinas no esquema da Fetranspor no Rio de Janeiro, libertado no sábado por Gilmar Mendes na esteira do habeas corpus dado na véspera a Jacob Barata Filho, é alguém que deve desconfiar profundamente do sistema bancário.

Diretores de Instituto Federal são afastados após permitir que a instituição fosse 'tomada' pelo MST

Imagem: ABr
A Justiça suspendeu três dirigentes de um Instituto Federal de ensino por terem permitido a “imposição de ideologia política” pelo MST (Movimento dos Sem Terra) em sala de aula. 

Moro diz que financiamento público integral de campanhas impede renovação política

Imagem: Reprodução / Veja
O juiz da 13ª Vara Federal em Curitiba, Sérgio Moro, criticou em evento relizado na semana passada a ideia de financiamento público integral de campanhas eleitorais, presente na proposta de reforma política em debate no Congresso Nacional e, para ele, um empecilho à renovação de quadros políticos. 

domingo, 20 de agosto de 2017

Fundo público de R$ 3,6 bilhões desafia fiscalização eleitoral

Imagem: André Dusek / Estadão
O fundo eleitoral aprovado na comissão da reforma política da Câmara dos Deputados vai despejar bilhões de reais em campanhas políticas no próximo pleito sem a garantia de fiscalização do uso dos recursos públicos destinados aos partidos. Pela proposta que deve ser analisada nesta semana no plenário da Casa, até R$ 3,6 bilhões serão reservados para custear gastos com propaganda política, mas a atual estrutura da Justiça Eleitoral enfrenta desafios para averiguar a aplicação do montante, considerado alto por especialistas.

Janot deixará homologação de delação da OAS para Raquel Dodge

Imagem: Evaristo Sá / AFP
O planejamento da equipe de Rodrigo Janot prevê que, daqui até o fim de seu mandato, seja fechado o acordo com os delatores da OAS. Mas só fechado.

Fundo de R$ 3,6 bilhões ‘é um desaforo’, afirma Barroso

Imagem: André Dusek / Estadão
Crítico do atual modelo eleitoral e partidário brasileiro, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), considera um “desaforo” a criação de um fundo público com R$ 3,6 bilhões para financiar campanhas, como está sendo discutido na Câmara. Diz que o valor teria de ser menor, chegando, no máximo, a R$ 1 bilhão.

Processos sobre auxílio-moradia a juízes estão parados há três anos no STF

Imagem: Divulgação
Liminares do ministro Luiz Fux que autorizaram o pagamento de auxílio-moradia a juízes e procuradores completam três anos sem julgamento do STF. Ministros têm cobrado da presidente Cármen Lúcia que ela paute o tema, mas não há definição a respeito. A ONG Contas Abertas calcula que o benefício já custou aos cofres públicos R$ 4,5 bilhões desde setembro de 2014. Por mês, 17 mil magistrados e cerca de 13 mil procuradores podem receber R$ 4,3 mil mesmo que morem na mesma cidade em que trabalham ou tenham residência própria.

Bretas determina leilão de 300 imóveis e 750 carros

Imagem: Leo Martins / Ag. O Globo
O juiz Marcelo Bretas determinou que se leiloem todos os bens apreendidos na parte carioca da Lava-Jato.

Gilmar Mendes ordena a soltura de 4 presos na Operação Ponto Final, xinga procuradores e diz que não se curva ao 'clamor popular'

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes usou quatro decisões assinadas por ele neste sábado para atacar o Ministério Público Federal (MPF), instituição com a qual está em rota de colisão. Gilmar concedeu habeas corpus a mais quatro suspeitos de participar de um esquema de pagamento de propina a políticos por empresas de ônibus no Rio, desvelado pela Operação Ponto Final, da mesma maneira que fez com o empresário Jacob Barata Filho e o ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor) Lélis Teixeira. Nas quatro novas decisões, Gilmar chama os procuradores de "trêfegos (ardilosos) e barulhentos".

sábado, 19 de agosto de 2017

'Temer e Meirelles decretam a falência das Forças Armadas. Chegou o momento! É hora de acordar, intervenção militar já!', clama Levy Fidelix

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede 
A notícia do corte de 44% dos recursos para as Forças Armadas causou uma forte reação do presidente do PRTB, Levy Fidelix: "De banco eles não tiram recursos, né? Não! O Meirelles está sempre lá protegendo os banqueiros. Mas nossas briosas Forças Armadas ficam na penúria. Desde os tempos de Fernando Henrique Cardoso, a política é a mesma. Um orçamento de 17,5 bilhões de reais vem se reduzindo até chegar, agora a 9,7 bilhões. Ou tomamos vergonha e enfrentamos esse povo que está nos surrupiando e desmoralizando, ou o bolivarianismo, chavismo e o comunismo já se infiltraram e não estamos reagindo. Por quê?". Assista ao vídeo:

O habeas corpus de Gilmar é um ponto fora da curva, diz colunista

Imagem: Fabiano Rocha / Agência O Globo
O jornalista Lauro Jardim aponta que a decisão que soltou o amigo de Gilmar Mendes foi mais rápida que 95% das liminares do ministro, o que já a tornaria atípica antes mesmo de Mendes conceder um segundo habeas corpus. 

Para tentar esvaziar Tasso no PSDB, Temer chama Aécio ao Jaburu

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O presidente Michel Temer chamou na noite desta sexta-feira (18) o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para uma conversa, a sós, no Palácio do Jaburu.

A conversa, que não constou da agenda oficial, durou cerca de uma hora. Esta é a terceira vez em uma semana que Temer e Aécio se encontram.

Gilmar Mendes manda soltar mais quatro presos da operação Ponto Final

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ministro Gilmar Mendes decidiu neste sábado (19) estender para outros quatro presos na Operação Ponto Final o habeas corpus concedido ao empresário Jacob Barata Filho e ao ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do RJ (Fetranspor) Lélis Teixeira 

Após oito anos, Planalto volta a ter câmeras de segurança

Imagem: Luciana Amaral / UOL
O GSI (Gabinete de Segurança Institucional) começou a instalar nesta semana câmeras de segurança dentro do Palácio do Planalto. Nos últimos dias, equipes da manutenção predial da Presidência podiam ser vistas mexendo na fiação elétrica do teto onde seriam posicionados os equipamentos. 

Em campanha, Lula admite mentiras: 'eu dizia que governava para todo mundo, mas sempre souberam que tenho minha preferência'

Imagem: Beto Macário / UOL
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em plena campanha eleitoral antecipada, fez um duro discurso a trabalhadores rurais, no início da tarde deste sábado (19), em Feira de Santana (BA), criticou a "elite" e pediu confiança ao PT. Para isso, disse que, se o partido voltar, terá posturas diferentes por saber, agora, em quem confiar.

Recém-libertado da cadeia,’rei do ônibus’ decide fazer delação

Imagem: Reprodução / TV Globo
O empresário Jacob Barata Filho decidiu fazer sua delação premiada. O rei dos ônibus do Rio promete entregar vários deputados federais e, lógico, o onipresente Sérgio Cabral.

Palocci diz que Lula recebia mensalinho de duas empresas

Imagem: Ailton de Freitas / O Globo
Antonio Palocci contou ao MP que o ex-presidente Lula recebia um mensalinho de duas empresas. Para fechar o acordo de delação, os procuradores agora querem mais detalhes sobre os pagamentos. Palocci ainda não deu.

Governo prevê economia de R$ 17 bilhões com fim de fraudes em auxílio-doença

Imagem: Pixabay
O governo prevê economizar R$ 17 bilhões até o fim de 2018 com o cancelamento de auxílios-doença que estão sendo pagos de forma irregular e com a restrição de novas concessões. O balanço parcial da revisão no programa, iniciada em agosto do ano passado, já registra uma economia de R$ 3 bilhões, de acordo com dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) até o mês passado antecipados ao ‘Estadão/Broadcast’.

Empresário Jacob Barata Filho e Lélis Teixeira deixam presídio no Rio

Imagem: Wilton Júnior / Estadão
O empresário Jacob Barata Filho e o ex-presidente da Fetranspor Lélis Teixeira deixaram na manhã deste sábado, 19, o presídio de Benfica. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Urubus que ocuparam apartamento funcional impedem venda do imóvel

Imagem: Reprodução / CB
O governo federal deve fazer um novo leilão de imóveis funcionais no fim deste mês, mas um apartamento do bloco D da quadra 304 da Asa Norte não estará na lista. Ele é ocupado por uma família de urubus, que não pode ser despejada do local. Por se tratar de um animal silvestre, qualquer tentativa de retirar o ninho será considerada crime ambiental e poderá resultar na prisão dos envolvidos. Por isso, a residência só pode ser vendida após o “ciclo espontâneo” de desocupação, ou seja, quando os dois filhotes aprenderem a voar. O imóvel é avaliado em mais de R$ 1 milhão, tem cerca de 140 m² e o condomínio custa R$ 700. Ele é um dos 231 imóveis funcionais da União no Distrito Federal que não estão ocupados por humanos, mas continuam sendo custeados pelo contribuinte.

Recorde: Gilmar deferiu liminar menos de 24 horas depois da distribuição dos habeas corpus de Jacob Barata e Lelis Teixeira

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Gilmar Mendes redefiniu o conceito de celeridade na justiça brasileira.

Menos de 24 horas depois de dois habeas corpus serem distribuídos e conclusos a ele no Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu as liminares correspondentes concedendo liberdade para Jacob Barata Filho e Lelis Teixeira, presos desde o dia 3 de julho na Operação Ponto Final, suspeitos de integrarem esquema de corrupção que teria pago propina estimada em cerca de R$ 170 milhões ao ex-governador Sérgio Cabral.

Justiça suspende novamente aumento de impostos sobre combustíveis

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Justiça Federal no Distrito Federal suspendeu novamente hoje (18) o reajuste das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, anunciado pelo governo no mês passado. A decisão foi proferida pela juíza Adversi de Abreu.

Moro nega pedido de Lula para suspender depoimento de 13 de setembro

Imagem: José Cruz / Agência Brasil
O juiz Sergio Moro negou nesta sexta (18) o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender o depoimento dele marcado para as 14h do próximo dia 13 de setembro, em Curitiba.

Investigação confirma que aposentadoria de Dilma foi irregular, mas ela vai continuar a receber normalmente

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Na manhã de 1 de setembro de 2016, o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas e uma secretária pessoal da ex-presidente Dilma Rousseff entraram pela porta dos fundos de uma agência da Previdência na Asa Sul, em Brasília. No dia anterior, o Senado havia formalmente cassado o mandato de Dilma Rousseff. Gabas, já ex-ministro do moribundo governo petista, chamou a atenção dos funcionários da agência ao surgir na porta e logo se isolar na sala do chefe da agência. O que o ex-ministro da Previdência faria ali? Vasculhando o sistema do INSS, um grupo de servidores logo descobriu algo errado: no intervalo de poucos minutos que o ex-ministro e a secretária de Dilma estiveram na agência, o processo de aposentadoria da ex-presidente foi aberto no sistema e concluído sigilosamente. Graças ao lobby de Gabas e a presença da secretária, que tinha procuração para assinar a papelada em nome da petista, em poucos minutos, Dilma deixou a condição de recém-desempregada para furar a fila de milhares de brasileiros e tornar-se aposentada com o salário máximo de 5 189 reais. Ao tomar conhecimento do caso, o governo abriu uma sindicância para investigar a concessão do benefício.

Procuradores denunciam manobras de Janot para proteger o PT e seus líderes, diz revista

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Em reportagem assinada por Mário Simas Filho, a revista IstoÉ afirma que o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, vem manipulando as investigações e delações premiadas da Lava Jato com o fim de favorecer o PT e seus líderes. Segundo o artigo, procuradores da força-tarefa de Curitiba levaram denúncias contra Janot ao conhecimento da futura PGR, Raquel Dodge. 

STF tem que afastar Gilmar Mendes do caso do 'rei do ônibus' ou ficará desacreditado, diz procurador da Lava Jato

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ministro do STF, Gilmar Mendes, afirmou que o fato de ser padrinho de casamento da filha do réu não o impediria de julgar Jacob Barata Filho, conhecido como "rei do ônibus". Gilmar Mendes concedeu dois habeas corpus a Barata em menos de 24 horas. O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da Lava Jato, foi duro em sua crítica. Lima respondeu à questão de Gilmar ("Ser padrinho de casamento impede alguém de julgar um caso?"): "SIM, e o STF deve, sob pena de descrédito, afastá-lo".

Bretas manda prender ex-presidente da Fetranspor que Gilmar soltou

Imagem: Leo Martins / Ag. O Globo
O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, mandou prender novamente Lélis Teixeira, o ex-presidente da Fetranspor que Gilmar Mendes acabou de libertar. 

Gilmar Mendes revoga decisão de juiz federal e manda soltar novamente o sócio de seu cunhado

Gilmar Mendes é padrinho de casamento da filha do réu
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Um dia depois de conceder habeas corpus ao empresário Jacob Barata Filho e ao ex-presidente da Fetranspor (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro), Lélis Teixeira, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes voltou a autorizar a soltura dos dois, presos desde o início do mês passado, na capital fluminense.

Lava Jato acha telefone da mulher de Gilmar no celular do Rei do Ônibus

Imagem: Reprodução / Balada In
A força-tarefa da Operação Lava Jato encontrou o número de telefone de Guiomar Mendes, mulher do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na agenda do celular do empresário Jacob Barata Filho, o ‘Rei do Ônibus’. Na noite de quinta-feira, 17, Gilmar Mendes mandou soltar Jacob Barata Filho, preso pela Operação Ponto Final – que capturou a cúpula dos Transportes do Rio em julho.


MPF afirma que mulher de Gilmar Mendes atua em escritório que defende Jacob Barata Filho e pede intervenção da PGR

Imagem: Carlos Moura / STF
O Ministério Público Federal do Rio encaminhou à Procuradoria Geral da República um pedido de suspeição contra o ministro Gilmar Mendes. O ministro do Supremo Tribunal Federal soltou Jacob Barata, empresário do setor de transportes acusado de pagar mais de R$ 150 milhões em propinas.

PF faz buscas na casa e no gabinete do procurador-geral de Justiça do Tocantins

Imagem: Ministério Público do Tocantins
O procurador-geral de Justiça do Tocantins, Clenan Renaut de Melo Pereira, foi intimado a depor na 5.ª fase da Operação Ápia. A Polícia Federal fez buscas na residência e no gabinete de Clenan nesta sexta-feira, 18.

Nove em cada dez brasileiros são contra financiamento público de campanha, mostra pesquisa

Imagem: Reprodução / Veja
Nove (87,4%) em cada dez brasileiros são contra o financiamento público de campanha. Pelo menos é o que indica um levantamento exclusivo do instituto Paraná Pesquisas.

Assembleia Constituinte do ditador Maduro assume poderes do Parlamento

Imagem: Reprodução
A Assembleia Constituinte da Venezuela assumiu as funções do Parlamento, na qual a coalizão antichavista Mesa da Unidade Democrática (MUD) tinha maioria desde 2016. O decreto aprovado permite ao órgão assumir o poder de aprovar leis, competência que cabia anteriormente ao Congresso. A assembleia é constituída apenas por partidários do presidente Nicolás Maduro.

Inquérito sobre Vanessa Grazziotin e marido será relatado por Rosa Weber

Imagem: Geraldo Magela / Agência Senado
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, retirou do âmbito da Operação Lava Jato um inquérito que investiga se a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e o marido, Eron Bezerra, presidente estadual da legenda no Amazonas, cometeram irregularidades durante as eleições municipais para a prefeitura de Manaus em 2012.

Cármen Lúcia manda tribunais enviarem ao CNJ informações detalhadas sobre salários dos juízes

Imagem: Nei Pinto / TJBA
A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, determinou que todos os tribunais do país passem a informar ao órgão os salários pagos aos juízes de forma detalhada, discriminando inclusive valores extras, como subsídios e verbas especiais.

Moro proíbe cônsul da Grécia de sair do País

Imagem: Geraldo Bubniak / AGB
O juiz federal Sérgio Moro proibiu o cônsul honorário da Grécia no Rio, Konstantinos Georgios Kotronakis, alvo da Operação Sem Fronteiras – deflagrada nesta sexta-feira, 18 -, de deixar entregar o passaporte. O magistrado determinou que a Delegacia da Polícia Federal de Fronteiras anote a proibição imposta a Konstantinos de deixar o país.

PF encontra R$ 122 mil em dinheiro vivo ao prender Vaccarezza

Imagem: Reprodução / PF
O delegado Filipe Hille Pace, da Polícia Federal, afirmou nesta sexta-feira, 18, que ‘chamou a atenção a quantidade de dinheiro’ que o ex-deputado Cândido Vaccarezza mantinha guardada em casa. O ex-parlamentar foi preso em São Paulo na Operação Abate, desdobramento da Lava Jato. Com ele foram apreendidos ao menos R$ 122 mil.

'Tão absurdas que parecem bois de piranha', diz Deltan Dallagnol sobre propostas da 'reforma política'

O relator Vicente Cândido (PT) já propôs doações ocultas, bingos e loterias
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato, manifestou-se contra as propostas do relator da reforma política, deputado Vicente Cândido (PT) de criar doadores ocultos e permitir que partidos explorem loterias e bingos. Para Dallagnol, "doadores ocultos e bingos vinculados a partidos são tão absurdos que parecem bois de piranha para passar o resto da péssima reforma política". 

Socialite que quer dar joias a Lula não paga o condomínio há anos e pode perder o apartamento

Imagem: Reprodução / Facebook
A socialite Roberta Luchsinger, de 32 anos, neta de um ex-acionista do banco Credit Suisse, que prometeu doar R$ 500 mil ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não paga o condomínio do apartamento onde mora, em um bairro nobre de São Paulo, desde dezembro de 2014.

'Fundão' de R$ 3,6 bilhões é o único consenso na 'reforma política'

Imagem: Reprodução / DP
De todas as propostas da reforma política, em discussão na Câmara, a única que gera consenso é a emenda (PEC 77), relatada pelo petista Vicente Cândido (SP), prevendo entre outras espertezas a criação do “fundão” de R$3,6 bilhões para custear suas campanhas. O dinheiro será retirado na boca do caixa do Tesouro: 0,5% de toda receita líquida da União, ou seja, o dinheiro dos impostos pagos pelos brasileiros. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Moraes deve decidir sobre andamento de impeachment de Temer até próxima semana

Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve decidir até o início da próxima semana sobre duas ações apresentadas ao Supremo — uma por parlamentares da oposição, outra pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) — que pedem à Corte que ordene o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a dar o andamento dos pedidos de impeachment do presidente da República, Michel Temer, na Câmara. 

Relator da reforma política inclui autorização para partidos políticos criarem loterias e bingos

Imagem: Reprodução / Veja
Com o fim do financiamento privado de empresas para campanha eleitoral, os políticos estão recorrendo às mais variadas formas de captação de recursos. Até mesmo a jogatina. Na reforma política em andamento na Câmara dos Deputados está previsto que os partidos políticos explorem os bingos, loterias e outros tipos de sorteios para angariar fundos para as campanhas de seus candidatos. O tema é polêmico.

Supremo aprova para TSE três professores de faculdade de Gilmar

Imagem: Marlene Bergamo / Folhapress
Os três advogados aprovados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quarta (16) para disputar uma vaga de ministro substituto no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) são professores de um instituto educacional do qual é sócio Gilmar Mendes, ministro do STF e presidente do TSE.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...